Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

“Crónica fotográfica”, por Paulo Jorge de Sousa

Daqui a cerca de três meses realizam-se eleições autárquicas. E, na nossa região, nas redes sociais, já são notórias algumas ações/reações vestidas de discurso eleitoralista.

- Publicidade -

Claro que, como se costuma dizer, quem está no poder tem sempre vantagem porque o seu trabalho é muito mais visível do que o trabalho das oposições, por mais que estas se esforcem e tentem manter a sua coerência ao longo do tempo.

Mas são poucos os casos que conheço de oposições que trabalhem convictamente o mandato todo, pelo menos aqui pela região que conheço.

- Publicidade -

Reconheço no Bloco de Esquerda, em Abrantes, uma oposição constante, preocupada e permanente, porque de resto só uns meses antes das eleições é que são notórias movimentações de quem tem algumas aspirações ao poder, o que é mau. No Sardoal, por exemplo, em 2018, as Grandes Opções do Plano e o Orçamento Municipal para 2019 até foram aprovados por unanimidade em reunião de câmara e assembleia municipal.

O que espero é que as oposições assumam o que de facto são: oposições.

E que o sejam a tempo inteiro, com ideais convincentes e fundamentados e que possam, ao mesmo tempo, provar que o que tem sido feito pelo poder em funções pode não ser o adequado para resolver os problemas das populações.

Nasceu no Sardoal em 1964, e é licenciado em Fotografia. Fez o Curso de Fotojornalismo com Luíz Carvalho do jornal “Expresso” (Observatório de Imprensa). É formador de fotografia com Certificado de Aptidão Profissional (registado no IEFP). Faz fotografia de cena desde 1987, através do GETAS - Centro Cultural, do qual também foi dirigente e fotografou praticamente todos os espetáculos. Trabalha na Câmara Municipal de Sardoal desde 1986 e é, atualmente, Técnico Superior, editor fotográfico e fotógrafo do boletim de informação e cultura da autarquia “O Sardoal” e de toda a parte fotográfica do Município. É o fotógrafo oficial do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal. Em 2009, foi distinguido pela rádio Antena Livre de Abrantes com o galardão “Cultura”, pelo seu percurso fotográfico. Conta com mais de meia centena de distinções nacionais e internacionais. Já participou em dezenas de exposições individuais e coletivas.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome