Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Junho 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Crónica fotográfica, por Paulo Jorge de Sousa

Esta é uma crónica sobre opções. Daquelas que temos de pensar para tornar o nosso trabalho fotográfico mais eficaz. Refiro-me à recente passagem pela nossa região do 23º Lés a Lés, onde cerca de 2000 motos passaram pela nossa rota turística mais significativa no momento, ainda em tempos pandemia, a Estrada Nacional 2.

- Publicidade -

Se o objetivo desta rota é ajudar a promover a região turisticamente, então nós também devemos trabalhar nesse sentido e valorizar as iniciativas que nos tragam visitantes. 

E, nesse sentido, o melhor seria percorrer também os nossos 10 km (neste caso o concelho de Sardoal onde me insiro) e trabalhar a paisagem natural para que a fotografia possa também ser um veículo de promoção turística. 

- Publicidade -

Neste caso, a informação sobre a iniciativa é fundamental. Sabia a hora que as motos começaram a passar e durante quanto tempo. Bastou uma nova passagem mais demorada na véspera para tirar algumas notas. O resto, é sorte e trabalho. 

Uma chamada de atenção para o fato de a atual Estrada Nacional 2 não ser esta via. No entanto, o objetivo de praticamente todas as pessoas que fazem esta rota é, sempre que possível, a rota original, a primeira. 

Fotografia – Antiga Estrada Nacional 2, entre S. Domingos e Andreus, concelho de Sardoal.  

Nasceu no Sardoal em 1964, e é licenciado em Fotografia. Fez o Curso de Fotojornalismo com Luíz Carvalho do jornal “Expresso” (Observatório de Imprensa). É formador de fotografia com Certificado de Aptidão Profissional (registado no IEFP). Faz fotografia de cena desde 1987, através do GETAS - Centro Cultural, do qual também foi dirigente e fotografou praticamente todos os espetáculos. Trabalha na Câmara Municipal de Sardoal desde 1986 e é, atualmente, Técnico Superior, editor fotográfico e fotógrafo do boletim de informação e cultura da autarquia “O Sardoal” e de toda a parte fotográfica do Município. É o fotógrafo oficial do Centro Cultural Gil Vicente, em Sardoal. Em 2009, foi distinguido pela rádio Antena Livre de Abrantes com o galardão “Cultura”, pelo seu percurso fotográfico. Conta com mais de meia centena de distinções nacionais e internacionais. Já participou em dezenas de exposições individuais e coletivas.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome