Crónica fotográfica, por Paulo Jorge de Sousa

Os Municípios, através dos seus presidentes, vereadores e membros das assembleias municipais, foram chamados, pela primeira vez, a votar para as CCDR’s, Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional. De referir que, até aqui, era o governo que fazia a nomeação direta para os cargos de direção das 5 regiões em território continental.

PUB

E vendo bem, continua a ser o governo em conjunto com a oposição (leia-se PSD) quem manda nisto tudo na mesma, ou seja, escolheram e distribuíram os seus representantes políticos pelas várias regiões como candidatos e deram a tarefa aos eleitos locais de votar neles, proclamando uma ideia de decisão democrática porque houve eleição. De referir que apenas a CCDR do Alentejo tinha dois candidatos, o do sistema e um “independente”. Ganhou o proposto pelo sistema.

Talvez seja isto o princípio de uma tal regionalização que se fala agora por aí. E talvez haja a grande probabilidade de vermos criadas mais umas estruturas regionais para isto e para aquilo, com lugares de nomeação política para mais uns quantos representantes partidários que ainda não conseguiram entrar nas estruturas que os vão levar um dia, quem sabe, a secretários de estado ou mesmo até ministros.

PUB

De registar ainda que a nossa região do Médio Tejo pertence à CCDR Centro no que respeita aos fundos comunitários e que os municípios que integram o Distrito de Santarém pertencem administrativamente à CCDR de Lisboa e Vale de Tejo, ou seja, integram uma CCDR na gestão do território e dependem de outra CCDR para os fundos comunitários.

*Fotografia: Sardoal, casa junto à ponte de S. Sebastião, 2020

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here