Covid-19 | Surto em lar do Entroncamento já causou sete mortes em utentes (C/AUDIO)

Surto de covid-19 em lar do Entroncamento já causou sete vítimas mortais. Foto: DR

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo registou apenas um novo caso em Tomar por covid-19 nas últimas 72 horas, tendo o surto num lar do Entroncamento já provocado a morte de sete utentes, disse hoje a Delegada de Saúde Pública. Com um novo caso na Sertã, a região do Médio Tejo chega hoje aos 812 casos acumulados confirmados.

PUB

A Delegada de Saúde Pública, Maria dos Anjos Esperança, fez hoje um ponto de situação da evolução da pandemia na região, falou da situação que se verifica nas escolas e avançou que os testes efetuados aos profissionais de saúde da USF de Abrantes deram todos negativo, pelo que deverá reabrir portas esta quinta-feira. A responsável deu ainda conta de 62 casos ativos no surto do lar dos Ferroviários, 46 dos quais em utentes e 16 em funcionários, com seis pessoas internados no hospital de Abrantes (cinco utentes e um funcionário) e um total de sete óbitos em utentes naquela instituição.

Nos 11 concelhos do ACES Médio Tejo, com um total de 775 casos confirmados (+1), Ourém regista hoje 185 casos positivos, Tomar tem 168 (+1), Entroncamento 158, Torres Novas 91, Abrantes 75, Mação 40, Alcanena 28, Vila Nova da Barquinha 13, Ferreira do Zêzere 9 e Constância 7. Sardoal tem 3 casos confirmados desde o início da pandemia.

PUB

No ACES Médio Tejo, o Entroncamento tem hoje 58 pessoas em vigilância ativa, seguido de Ourém (53), Alcanena (27), de Torres Novas (26), Tomar (23), Abrantes (15), Ferreira do Zêzere (9), Vila Nova da Barquinha (5), Constância (2), Mação e Sardoal (1).

Este ACES regista hoje um total acumulado de 775 pessoas infetadas (+1), 465 recuperadas (-), 220 pessoas em vigilância ativa (-24) e 21 óbitos (+3).

PUB

No ACES do Pinhal Interior Sul, Vila de Rei mantém um caso de infeção desde o início da pandemia. A Sertã tem um total acumulado de 36 casos confirmados (+1), dos quais 12 pessoas estão recuperadas da doença e 24 casos mantêm-se ativos.

Com cerca de 250 mil habitantes, os 13 municípios do Médio Tejo somam hoje um total de 812 (+2) casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (775 no ACES Médio Tejo e 37 no ACES Pinhal Interior Sul), 478 pessoas recuperadas (465 no ACES Médio Tejo, 12 em Sertã e 1 em Vila de Rei) e 21 óbitos (+3).

Em todo os 13 municípios do Médio Tejo, há 653 casos de infeção registados no período pós-confinamento, mais 504 do que os reportados na fase inicial de contenção da doença.

No Alto Alentejo, Gavião registou em agosto os únicos nove casos de covid-19. Ponte de Sor apresenta um total acumulado de 23 casos positivos. Pelo menos cinco dos casos são relativos a pessoas que não residem no concelho e que não atualizaram a sua residência fiscal, pelo que o município refere apenas a ocorrência de 18 casos.

A Lezíria do Tejo, por sua vez, apresenta um total acumulado de 1152 doentes (+35), dos quais 447 casos no concelho de Santarém (+12), segundo dados da Rede Regional. A Chamusca tem hum total de 27 casos confirmados (+1), entre os quais um óbito, e a Golegã tem um total de 34 infeções (+1). A região da Lezíria regista 36 óbitos, 23 deles em Santarém.

O distrito de Santarém soma um total acumulado de 1927 casos (1152 na Lezíria do Tejo e 775 no ACES Médio Tejo), e um total de 57 óbitos (36 na Lezíria e 21 no ACES Médio Tejo).  A Lezíria do Tejo apresenta um total de 847 doentes recuperados (+7) e o ACES Médio Tejo tem 465 (-), o que dá um total de 1312 pessoas recuperadas do vírus.

Portugal com mais oito mortes e 944 novos casos

Portugal contabiliza hoje mais oito mortes relacionadas com a covid-19 e 944 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.040 mortes e 81.256 casos de infeção, estando hoje ativos 28.179 casos, mais 611 do que na terça-feira.

A DGS indica que das oito mortes registadas, cinco ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde também se verifica o maior número de infeções, uma na região Norte, uma no centro e outra no Algarve.

Relativamente aos internamentos hospitalares, o boletim revela que nas últimas 24 horas há mais 32 internados em enfermarias. Nas Unidades de Cuidados Intensivos não há registo de novos internamentos desde terça-feira.

No total, há 764 doentes internados em enfermaria e 104 em Unidades de Cuidados Intensivos, de acordo com o relatório da situação epidemiológica da covid-19 em Portugal.

O boletim refere ainda que as autoridades de saúde têm sob vigilância 46.023 contactos, menos 414 em relação a terça-feira, e que 325 doentes foram dados como recuperados.

Desde o início da pandemia em Portugal, em março, já recuperaram da doença 51.037 pessoas.

C/LUSA

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here