Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Covid-19 | Semana arranca com 17 novos casos e maior progressão em Tomar

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo registou 17 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, 7 dos quais em Tomar. Houve ainda casos em Abrantes (1), Alcanena (2), Entroncamento (1), Ferreira do Zêzere (1), Ourém (2), Sertã (1) e Torres Novas (2).

- Publicidade -

- Publicidade -

Segundo os cálculos que o mediotejo.net realiza diariamente, com base nos dados oficiais das autoridades de saúde locais, há hoje seis concelhos do Médio Tejo com valores acima dos limites fixados pelas autoridades de saúde. Alcanena apresenta 148 casos por cada 100 mil habitantes, Entroncamento 199, Tomar 177 e Ourém 175.

Constância ultrapassa a barreira dos 1000 casos por cada 100 mil habitantes, ficando em risco “extremamente elevado” – também fruto da testagem a toda a população da freguesia de Santa Margarida da Coutada, e que juntou aos casos existentes mais 8 positivos, sinalizados em pessoas assintomáticas.

- Publicidade -

A partir de amanhã, terça-feira, avançará a testagem nas freguesias de Constância e Montalvo.

A Sertã fica hoje abaixo dos 240 casos por cada 100 mil habitantes, recuperando o estatuto de risco “moderado”.

Há hoje 497 pessoas em vigilância ativa no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, a que se juntam 114 na Sertã e 4 em Vila de Rei, que pertencem ao Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Sul, totalizando 615 pessoas em acompanhamento pelas autoridades de saúde na região do Médio Tejo, no total.

O maior número de pessoas em isolamento profilático regista-se hoje em Ourém (178), seguindo-se Torres Novas (89) e Abrantes (80).

Desde o início da pandemia foram registados 14.736 casos de infeção pelo SARS-CoV-2 na região do Médio Tejo, com 13.756 recuperados e 397 óbitos. Há neste momento 583 casos ativos.

Portugal registou, nas últimas 24 horas, um novo aumento no número de pessoas internadas com covid-19, 1.610 novas infeções e nove mortes, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

Hoje estão internadas 919 pessoas, mais 40 do que no domingo, e 198 estão em unidades de cuidados intensivos, onde foram internadas mais cinco pessoas nas últimas 24 horas.

Os internamentos em enfermarias e em unidades de cuidados intensivos regressaram hoje aos números de março, nomeadamente a 16 de março, quando estavam internadas 955 pessoas e a 18 desse mês, quando estavam em cuidados intensivos 187 pessoas.

A maioria das novas infeções por SARS-CoV-2 regista-se hoje na região do Norte (688), enquanto em Lisboa e Vale do Tejo há mais 519 pessoas contagiadas, que concentram quase 75% dos casos registados nas últimas 24 horas

As nove mortes das últimas 24 horas registaram-se nas regiões do Norte (cinco), Lisboa e Vale do Tejo (três), e Açores (uma).

Os casos nas últimas 24 horas registam-se, sobretudo, até aos 59 anos, totalizando cerca de 90% das novas infeções, sendo em maior número entre os 10 e os 49 anos.

Desde o início da pandemia, já foram diagnosticadas 954.669 pessoas com o SARS-CoV-2 e morreram 17.301 pessoas.

*C/Lusa

Sou diretora do jornal mediotejo.net e da revista Ponto, e diretora editorial da Médio Tejo Edições / Origami Livros. Sou jornalista profissional desde 1995 e tenho a felicidade de ter corrido mundo a fazer o que mais gosto, testemunhando momentos cruciais da história mundial. Fui grande-repórter da revista Visão e algumas da reportagens que escrevi foram premiadas a nível nacional e internacional. Mas a maior recompensa desta profissão será sempre a promessa contida em cada texto: a possibilidade de questionar, inquietar, surpreender, emocionar e, quem sabe, fazer a diferença. Cresci no Tramagal, terra onde aprendi as primeiras letras e os valores da fraternidade e da liberdade. Mantenho-me apaixonada pelo processo de descoberta, investigação e escrita de uma boa história. Gosto de plantar árvores e flores, sou mãe a dobrar e escrevi quatro livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome