Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Covid-19 | Sardoal com aumento preocupante de casos fecha equipamentos municipais (C/ÁUDIO)

A Câmara de Sardoal decidiu encerrar, com efeitos imediatos, todos os equipamentos municipais para tentar travar o preocupante aumento de novos casos de infeção no concelho. Só hoje foram detetados mais 13 casos positivos na escola local, entre alunos e profissionais.

- Publicidade -

“Considerando o aumento de casos positivos para covid-19 no concelho e no exercício das minhas competências determino o imediato encerramento temporário dos seguintes Equipamentos Municipais: Biblioteca; Cá da Terra; Centro Cultural; Parque Desportivo Municipal; e Piscina Municipal”, pode ler-se num despacho assinado hoje pelo presidente da Câmara Municipal de Sardoal, a que juntou o encerramento de todos os parques infantis.

Tendo em conta a elevada taxa de incidência, que é hoje superior a 620 casos por 100 mil habitantes, e de novos casos diários de infeção no concelho, as autoridades de saúde decidiram efetuar cerca de 780 testes de despiste à comunidade e os resultados preliminares de hoje, sexta-feira, ainda não plasmados no relatório diário do ACES Médio Tejo, indicam mais 13 casos positivos, 11 dos quais em estudante e dois em profissionais da escola de Sardoal, além de mais 26 inconclusivos, disse ao mediotejo.net Miguel Borges, que não escondeu a sua preocupação com a atual situação.

- Publicidade -

ÁUDIO: MIGUEL BORGES, PRESIDENTE CM SARDOAL:

O ACES Médio Tejo registou hoje 10 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, quatro dos quais em Tomar, três no Entroncamento, dois em Abrantes e um em Torres Novas. A Sertã, no ACES PIS, tem mais dois casos confirmados de infeção.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome