Covid-19 | Santuário de Fátima cancela retiro de doentes. Grupos continuam a desmarcar

O Santuário de Fátima registou até esta terça-feira, 10 de março, o cancelamento de 31 grupos organizados de peregrinos, 16 dos quais de países asiáticos, informou o gabinete de comunicação. A instituição decidiu avançar entretanto com o cancelamento do retiro de doentes, dada a fragilidade dos mesmos face à epidemia de Covid-19. Mantém-se sem alterações o programa para o 13 de maio.

Os grupos que cancelaram a visita ao Santuário da Cova da Iria eram da Coreia do Sul (nove), Itália (cinco), Espanha (quatro), Indonésia (três), Sri Lanka e Brasil (dois cada), Filipinas, Guatemala, Equador e Estados Unidos (um cada), aos quais se juntam dois portugueses.

Em nota enviada à agência Lusa, o Santuário assegura que “acompanha de forma responsável e em total articulação com as autoridades de saúde, a nível local e nacional, o evoluir da situação do Covid-19 em Portugal e no mundo”.

PUB

“Depois de um conjunto de medidas preventivas, postas em vigor no passado dia 24 de fevereiro, o Santuário delineou um Plano de Contingência próprio e, neste momento, acompanhando de forma responsável as medidas sugeridas pela autoridade nacional de saúde decidiu, em articulação com o Movimento da Mensagem de Fátima, suspender até à Páscoa a realização do Retiro de Doentes, que envolve um grupo de especial vulnerabilidade”, refere.

O Santuário especifica que “foram suspensos três turnos de retiros: de 10 a 13 de março, envolvendo doentes da diocese de Viana do Castelo (50), de 26 a 29 de março, envolvendo doentes da diocese de Leiria-Fátima (100) e de 02 a 05 de abril, envolvendo doentes da diocese do Porto (100)”.

Os serviços do Santuário registaram também o cancelamento das peregrinações nacionais da Fraternidade Nuno Álvares (14 de março), do Verbo Divino (14 e 15 março) e da Federação Nacional de Folclore (22 março). Foram também canceladas as cerimónias previstas para 17 de março, no âmbito das Jornadas de Cuidados Paliativos.

O Santuário confirma, por outro lado, que não cancelou qualquer celebração prevista no seu programa oficial, “que não prevê a realização de grandes celebrações no recinto de oração nos próximos dias”.

Quanto à grande peregrinação aniversária de 12 e 13 de maio, o Santuário divulgou já o nome do presidente das celebrações, que será o cardeal Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília.

Sérgio da Rocha é cardeal desde 2016, é natural de São Paulo e fez toda a formação teológica no Brasil, tendo feito o doutoramento em Teologia Moral na Academia Alfonsiana da Universidade Pontifícia Lateranense, em Roma.

Esta será a primeira vez que presidirá a uma grande peregrinação em Fátima.

c/LUSA

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here