Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Covid-19 | Risco de contágio agrava-se em 5 concelhos e Constância anuncia que vai testar “toda a população”

Nas últimas 24 horas foram contabilizadas mais 12 infeções pelo SARS-CoV-2 na região do Médio Tejo, metade deles em Constância, concelho que apresenta valores já do patamar laranja (“muito elevado”) há três dias consecutivos – hoje chega aos 695 casos por cada 100 mil habitantes, muito além do limite de 480 definido para o nível de “risco elevado” de contágio em que se encontra, na avaliação definida pelo Governo até 29 de julho.

- Publicidade -

A Câmara Municipal de Constância anunciou ao final da tarde que irá ser realizada “a testagem de toda a população”. Num alerta à população, a autarquia explica que “a taxa de incidência de covid-19 no concelho aumentou de forma exponencial, sendo o foco na freguesia de Santa Margarida da Coutada”.

Assim, e “em articulação com a Autoridade de Saúde, irá proceder-se à testagem de toda a população, numa fase inicial à freguesia de Santa Margarida da Coutada, e posteriormente à freguesia de Montalvo e à freguesia de Constância. Estamos neste momento a tratar dos aspetos relacionados com o apoio logístico em articulação com os nossos Bombeiros, com a GNR e com as Juntas de Freguesia para colocarmos a operação no terreno”, pode ler-se no comunicado.

“O combate a este vírus depende do comportamento individual de cada um de nós”, relembra Sérgio Oliveira, presidente da Câmara de Constância, dizendo aos seus munícipes que “o momento é difícil, mas em conjunto iremos ultrapassá-lo.”
- Publicidade -

Os restantes casos foram registados em Abrantes (2), Ourém (2), Sertã (1) e Torres Novas (1). Ourém, que já havia entrado na listagem do Governo na passada quinta-feira no grupo de concelhos em “situação de alerta”, apresenta 159 casos por cada 100 mil habitantes

Tal como noticiámos este domingo, Alcanena, Entroncamento e Tomar ultrapassaram o patamar-limite de 120 casos por cada 100 mil habitantes que o Governo definiu para os locais de alta densidade populacional, grupo em estes três concelhos foram incluídos.

Segundo os cálculos que o mediotejo.net realiza diariamente, com base nos dados oficiais das autoridades de saúde locais, Alcanena apresenta hoje 125 casos por cada 100 mil habitantes, Entroncamento 130 e Tomar 122.

 

Há assim já 5 concelhos sub-região do Médio Tejo que se encontram em valores amarelos e laranja, além dos limites definidos para o risco de contágio moderado (branco), em que até à semana passada se encontravam 12 dos 13 concelhos.

Há hoje 451 pessoas em vigilância ativa no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, a que se juntam 70 na Sertã e 24 em Vila de Rei, que pertencem ao Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Sul, totalizando 545 pessoas em acompanhamento pelas autoridades de saúde na região do Médio Tejo, no total.

É em Abrantes que volta a registar-se o maior número de pessoas colocadas em isolamento profilático, por contactos considerados de risco: 110. Segue-se Ourém, com 109 pessoas em vigilância, e Torres Novas, com 72.

Desde o início da pandemia foram registados 14.502 casos de infeção pelo SARS-CoV-2 na região do Médio Tejo, com 13.730 recuperados e 397 óbitos. Há neste momento 397 casos ativos.

Novo aumento de internados em Portugal, mais 1.855 infeções e oito mortes

Portugal registou nas últimas 24 horas um novo aumento no número de pessoas internadas com covid-19, 1.855 novas infeções e oito mortes, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

Hoje estão internadas 851 pessoas, mais 46 do que no domingo, e 181 estão em unidades de cuidados intensivos, onde foram internadas mais cinco pessoas nas últimas 24 horas.

A maioria das novas infeções por SARS-CoV-2 (755) regista-se hoje na região Norte, enquanto em Lisboa e Vale do Tejo há mais 624 pessoas contagiadas.

As oito mortes das últimas 24 horas registaram-se nas regiões de Lisboa (cinco), Algarve (duas) e Norte (uma). Segundo os dados da DGS, até agora, morreram em Portugal 17.215 pessoas vítimas de covid-19: 9.037 homens e 8.178 mulheres.

Portugal tem agora 52.236 casos ativos (mais 465), tendo recuperado da infeção nas últimas 24 horas mais 1.382 pessoas, o que aumenta para 863.089 o número de recuperados desde o início da pandemia.

O número de contactos em vigilância está nos 79.883, mais 173 nas últimas 24 horas. A região de Lisboa e Vale do Tejo contabiliza agora 364.615 casos de infeção e a região Norte, 362.040, refere a DGS.

A fatia maior de novos contágios situa-se em pessoas com idades entre os 20 e os 29 anos (442), seguindo-se a faixa 30-39 anos (306), 10 aos 19 (287), 40 aos 49 (277), até aos 9 anos (199), 50 aos 59 (146), 60 aos 69 (82), 70 aos 79 (68) e mais de 80 anos (47).

*C/Lusa

Sou diretora do jornal mediotejo.net e da revista Ponto, e diretora editorial da Médio Tejo Edições / Origami Livros. Sou jornalista profissional desde 1995 e tenho a felicidade de ter corrido mundo a fazer o que mais gosto, testemunhando momentos cruciais da história mundial. Fui grande-repórter da revista Visão e algumas da reportagens que escrevi foram premiadas a nível nacional e internacional. Mas a maior recompensa desta profissão será sempre a promessa contida em cada texto: a possibilidade de questionar, inquietar, surpreender, emocionar e, quem sabe, fazer a diferença. Cresci no Tramagal, terra onde aprendi as primeiras letras e os valores da fraternidade e da liberdade. Mantenho-me apaixonada pelo processo de descoberta, investigação e escrita de uma boa história. Gosto de plantar árvores e flores, sou mãe a dobrar e escrevi quatro livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome