Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Covid-19 | Região do Médio Tejo regista 23 novos casos e mantém índice de transmissão controlado

Na região do Médio Tejo registaram-se 23 casos positivos nas últimas 24 horas, em Abrantes (4), Alcanena (2), Constância (2), Entroncamento (4), Mação (2), Ourém (2), Sertã (2), Tomar (3), Torres Novas (1) e Vila Nova da Barquinha (1).

- Publicidade -

- Publicidade -

Há 425 pessoas em vigilância ativa no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, a que se juntam 11 em Vila de Rei e 8 na Sertã, concelhos que pertencem ao Agrupamento de Centros de Saúde do Pinhal Interior Sul.

- Publicidade -

O relatório sobre a curva epidémica do Instituto de Saúde Pública Doutor Ricardo Jorge (INSA) hoje divulgado revela que todas as regiões de Portugal continental apresentam um índice de transmissibilidade (Rt) – que estima o número de casos secundários de covid-19 resultantes de uma pessoa infetada – superior a 1,20, com exceção de Lisboa e Vale do Tejo, que regista 1,12.

Segundo os cálculos do mediotejo.net, nesta região o Rt está hoje nos 0,95, um indicador de que as infecções não estão numa fase de progressão.

Também segundo os cálculos que o mediotejo.net realiza diariamente, o risco de transmissão da covid-19 mantém-se moderado em todos os concelhos, exceto em Constância – mas que revela hoje uma melhoria face aos números dos últimos dias.

Ontem, após a reunião de Conselhos de Ministros, foi revelado que Constância, que ainda se encontrava na semana passada no grupo de 19 concelhos do país em risco “muito elevado”, passou a estar em risco “elevado”. O concelho do Sardoal deixou de estar em risco “elevado”, passando a “moderado”.

Assim, os habitantes de Constância sentem algum alívio mas ainda permanecem sujeitos a regras especiais de confinamento, nomeadamente: teletrabalho obrigatório quando as atividades o permitam; possibilidade de funcionamento de restaurantes, cafés e pastelarias até às 22:30 (no interior com o máximo de seis pessoas por grupo e em esplanada com 10 pessoas por grupo); espetáculos culturais até às 22:30; e possibilidade de funcionamento do comércio a retalho alimentar e não alimentar até às 21:00.

Na região do Médio Tejo todos os outros concelhos permanecem em “risco moderado”, abaixo dos 240 mil casos por cada 100 mil habitantes, mas devem continuar a respeitar as regras impostas nesta fase de desconfinamento: o teletrabalho é recomendado nas atividades que o permitam, o comércio pode funcionar com o horário do respetivo licenciamento, os restaurantes, cafés e pastelarias podem funcionar até à meia-noite para admissão de clientes e 01:00 para encerramento (máximo de seis pessoas no interior ou 10 pessoas em esplanadas), e os equipamentos culturais podem funcionar até à 01:00 (ficando excluído o acesso, para efeitos de entrada, a partir das 00:00), com as salas de espetáculo limitadas a uma lotação de 50%.

Distrito de Santarém com maior número de casos desde março

Foram registados mais 70 casos no distrito de Santarém nas últimas 24 horas, 20 dos quais em Benavente, concelho que passou ontem a estar em “situação de alerta”, e 12 em Santarém, que já estava no grupo dos municípios com “risco elevado”.

Portugal ultrapassou hoje os 900 mil casos acumulados de covid-19

Foram registados hoje mais 3.194 novos casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, sete mortos atribuídos à covid-19 e um aumento de doentes internados e em cuidados intensivos.

Segundo o boletim epidemiológico da DGS, a maioria das infeções foi registada na região de Lisboa e Vale do Tejo, com 1.482, o que representa cerca de 46% do total do país, que ultrapassou hoje os 900 mil casos acumulados.

Os mesmos dados indicam ainda que se registaram sete óbitos, menos dois do que os verificados na quinta-feira, estando agora mais 18 pessoas internadas em enfermaria, num total de 617, e mais cinco doentes em unidades de cuidados intensivos, que acolhem 141 pessoas.

As sete mortes registadas nas últimas 24 horas foram nas regiões Norte, com três, e Lisboa e Vale do Tejo, com quatro, elevando o número de óbitos atribuídos à pandemia para um total de 17.142, sendo 9.002 homens e 8.140 mulheres.

Desses sete óbitos, um foi na faixa etária entre os 40 e 49 anos, dois entre os 50 e 59 anos, dois entre os 70 e 79 anos e dois no grupo dos idosos com mais de 80 anos.

A faixa etária com maior número de casos registados nas últimas 24 horas foi a dos 20 aos 29 anos (810 infeções), seguindo-se o grupo dos 30 aos 39 anos (588), o grupo 40 aos 49 anos (506), dos 10 aos 19 anos (466), dos 0 aos 09 anos (313), dos 50 aos 59 anos (222), dos 60 aos 69 anos (139), dos mais de 80 anos (74) e dos 70 aos 79 anos (61).

 De acordo com a autoridade de saúde, Portugal tem agora 43.323 casos ativos, tendo recuperado da infeção nas últimas 24 horas mais 1.727 pessoas, o que aumenta para 842.024 o número de recuperados desde o início da pandemia.

O número de contactos em vigilância está nos 71.318, na sequência das 2.451 pessoas que, nas últimas 24 horas, passaram a integrar este grupo.

Sou diretora do jornal mediotejo.net e da revista Ponto, e diretora editorial da Médio Tejo Edições / Origami Livros. Sou jornalista profissional desde 1995 e tenho a felicidade de ter corrido mundo a fazer o que mais gosto, testemunhando momentos cruciais da história mundial. Fui grande-repórter da revista Visão e algumas da reportagens que escrevi foram premiadas a nível nacional e internacional. Mas a maior recompensa desta profissão será sempre a promessa contida em cada texto: a possibilidade de questionar, inquietar, surpreender, emocionar e, quem sabe, fazer a diferença. Cresci no Tramagal, terra onde aprendi as primeiras letras e os valores da fraternidade e da liberdade. Mantenho-me apaixonada pelo processo de descoberta, investigação e escrita de uma boa história. Gosto de plantar árvores e flores, sou mãe a dobrar e escrevi quatro livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome