Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Covid-19 | Municípios do Médio Tejo investem mais de um milhão de euros em saúde, educação e segurança (c/audio)

Os 13 municípios do Médio Tejo estão a investir mais de um milhão de euros nas áreas da saúde, educação e segurança, na sequência do combate à pandemia de covid-19. As autarquias investiram 200 mil euros em Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), que estão já a ser distribuídos, a par de 150 mil euros em 2 mil testes e 260 mil euros em computadores portáteis. A este investimento global, que não contabiliza as isenções ou descontos ao nível da fatura da água ou outros, as autarquias vão agora investir cerca de 200 mil euros em mais 120 mil máscaras comunitárias para distribuir pela população.

- Publicidade -

“É um conjunto de aquisições de EPI’s por parte dos municípios por intermédio da CIMT Médio Tejo, um investimento na ordem dos 200 mil euros, em equipamentos que foram e estão ainda a ser distribuídas ao nível de máscaras, máscaras cirúrgicas e respiradores, toucas, batas, proteções oculares, fatos de proteção, descartáveis e não descartáveis, sacos de cadáver, luvas, aventais, soluções alcoolólicas para desinfeção das mãos, entre outros”, disse Miguel Pombeiro, secretário executivo da CIM Médio Tejo, dando ainda conta a quem se destinam.

- Publicidade -

“Os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) destinam-se aos serviços municipais, forças da Proteção e Instituições de Solidariedade Social, para ajudar a fazer face a esta pandemia que está a assolar o país”, afirmou o responsável, tendo acrescentado que a CIMT ficou tem uma “reserva estratégica” deste tipo de materiais, precavendo o futuro e o evoluir da situação.

Os 13 municípios da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Médio Tejo já haviam também anunciado a aquisição de dois mil testes programados à covid-19 para efetuar junto dos profissionais dos lares, bombeiros e forças de segurança da região, um investimento na ordem dos 150 mil euros

A estes investimentos ao nível de saúde e segurança, os 13 municípios do Médio Tejo investiram também no setor da Educação, tendo adquirido 750 computadores portáteis para entregar às escolas e aos alunos carenciados no âmbito do ensino à distância, um investimento na ordem dos 260 mil euros.

Sem contabilizar os apoios dados município a município aos seus habitantes em termos de descontos, apoios ou isenções dos mais diversos pagamentos, se juntarmos a este bolo o processo em curso de aquisição de mais de 100 mil máscaras comunitárias, no valor na ordem dos 200 mil euros, chegamos facilmente a um milhão de euros de esforço financeiro por parte das autarquias no âmbito da pandemia da covid-19 em curso.

Com uma área geográfica de 3.344 quilómetro quadrados, a CIMT integra os concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas, e Vila Nova da Barquinha (do distrito de Santarém) e Sertã e Vila de Rei (distrito de Castelo Branco), com um total de 247.330 habitantes (censos 2011).

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome