Quinta-feira, Março 4, 2021
- Publicidade -

Covid-19 | Município de Ourém investe mais de um milhão de euros em apoios

O município de Ourém anunciou na segunda-feira, 1 de fevereiro, um investimento superior a um milhão de euros em apoios sociais, às famílias e empresas face à pandemia da covid-19. Está prevista uma conferência de imprensa, onde serão anunciadas a totalidade das medidas, a 16 de fevereiro.

- Publicidade -

Após a reunião de executivo, o presidente da câmara, Luís Albuquerque (coligação PSD/CDS-PP Ourém Sempre), disse aos jornalistas que estima que “entre isenções e apoios o valor ultrapassa um milhão de euros”.

Segundo o autarca, em colaboração com as instituições particulares de solidariedade social e as forças de segurança, o município irá reforçar o apoio junto dos idosos ou pessoas e famílias “em situação de vulnerabilidade”, mantendo um contacto periódico com os mesmos, que poderá passar pela aquisição de produtos alimentares ou de medicamentos, em caso de necessidade.

- Publicidade -

Entre os apoios está previsto o pagamento de 100% das faturas da água às famílias numerosas e às que estão a beneficiar da ação social direta do município, assim como o pagamento das tarifas fixas às famílias “que foram afetadas nos seus rendimentos por força da pandemia”.

“Temos também previstos apoios para emergência social, nomeadamente para pagamento de despesas como água, luz, rendas ou medicamentos, para pessoas que se enquadrem nas normas estabelecidas”, explicou Luís Albuquerque.

Relativamente às creches e atividades de apoio às famílias, a autarquia irá apoiar as instituições em duas modalidades: “Se não aderirem ao ‘lay-off’, o município suportará 75% das mensalidades dos encarregados de educação. Se a instituição aderir ao ‘lay-off’, pagaremos 100% do valor salarial que cabe à instituição e apoiaremos as IPSS com 5% do valor da massa salarial dos trabalhadores que estejam em ‘lay-off’”, revelou.

O município irá também isentar as empresas do pagamento das tarifas fixas de água, saneamento e resíduos sólidos urbanos nos meses em que estiveram encerradas.

O setor ficará ainda isento do pagamento de taxas das esplanadas, toldos e reclames durante o ano 2021.

Luís Albuquerque anunciou ainda a aquisição de mais de 30 mil máscaras FFP2, “as que dizem ser mais aconselháveis”, para distribuir pelas IPSS do concelho.

O município anunciou ainda que estão disponíveis cinco linhas telefónicas direcionadas a dar apoio à covid-19, ação social, violência doméstica, apoio psicológico e proteção civil.

Durante o encerramento das escolas, a câmara forneceu 331 refeições em ‘take away’ e 144 cabazesaos alunos dos escalões A e B.

O presidente revelou que na próxima reunião de câmara, no dia 15 de fevereiro, irá anunciar “medidas adicionais de apoio dirigidas aos setores de atividade mais atingidos pela pandemia e que tenham sofrido uma quebra de faturação superior a 50% comparativamente a 2019”.

Será ainda apresentada a estratégia de retoma da hotelaria no concelho.

c/LUSA

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).