Covid-19 | Médio Tejo com mais 34 casos de infeção em dia de novo máximo nacional (c/áudio)

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo registou 34 novos casos de infeção com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, 9 dos quais em Abrantes, onde decorrem dois surtos em lares. Sardoal tem hoje 6 casos confirmados, também num lar, sendo que os dados hoje conhecidos apontam ainda para 7 novas infeções em Ourém, 6 em Alcanena, 4 em Torres Novas e 2 casos no Entroncamento. Portugal ultrapassou hoje os 4.000 casos diários de infeção com o novo coronavírus, registando 4.224 novos casos, o valor mais elevado desde o inicio da pandemia.

PUB

A gerar mais preocupação está a situação num lar em Pego, Abrantes, que apresentava a meio da tarde 36 casos positivos em 31 utentes e em 5 funcionários. O lar foi alvo de desinfeção na quarta-feira e os utentes foram separados em duas alas, uma para utentes covid e outra para utentes não covid, disse esta tarde ao mediotejo.net o presidente da Câmara de Abrantes. Manuel Jorge Valamatos fez ainda um ponto de situação sobre os quatro casos hoje confirmados no lar da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes:

PUB

Ao início da noite, as autoridades de saúde do Médio Tejo confirmaram mais cinco casos de covid-19 entre utentes e funcionários na Estrutura Residencial Para Pessoas Idosas (ERPI) do Pego, concelho de Abrantes, num surto que conta agora com 40 casos ativos:

Com estes números, o ACES Médio Tejo chegou hoje aos 1176 casos acumulados, num dia em que a Lezíria registou 64 novos casos, somando assim o distrito de Santarém um total de 98 novos casos nas últimas 24 horas. No ACES Pinhal Interior Sul (PIS) a Sertã apresenta hoje 13 casos ativos e Vila de Rei tem três casos ativos.

Também em Sardoal foram confirmados seis casos positivos em funcionários do Lar da Santa Casa da Misericórdia, como referiu Miguel Borges, presidente da autarquia:

Nos 11 concelhos do ACES Médio Tejo, com um total de 1176 casos confirmados (+34), Ourém é hoje o concelhos com maior número de casos positivos acumulados desde o início da pandemia, com 255 casos, seguido pelo Entroncamento (247), Tomar (208), Torres Novas (155), Abrantes (146), Alcanena (61), Mação (46), Constância (18), Vila Nova da Barquinha (17), Ferreira do Zêzere (12 casos), e Sardoal, hoje com um total de 11 casos.

No ACES Médio Tejo, Ourém tem 91 pessoas em vigilância ativa, seguido de Torres Novas (81), Entroncamento (62), Alcanena (61), Tomar (35), Abrantes (27), Sardoal (18), Constância (17), Ferreira do Zêzere (9), Vila Nova da Barquinha (5), e Mação (4).

Este ACES regista um total acumulado de 1176 pessoas infetadas (+34), 651 recuperadas (-), 410 pessoas em vigilância ativa (+52) e 23 óbitos (-).

No ACES do Pinhal Interior Sul (PIS), Vila de Rei tem agora 4 casos de infeção desde o início da pandemia, três deles ativos. Os dois casos positivos sinalizados em funcionários na Unidade de Cuidados Continuados de Vila de Rei levaram à realização de cerca de 140 testes a todos os utentes e funcionários, não havendo sinais de mais casos positivos na instituição. Em Vila de Rei estão hoje 15 pessoas em vigilância ativa. A Sertã, por sua vez, apresenta hoje um total acumulado de 51 casos confirmados, dos quais 38 pessoas estão recuperadas da doença, 13 casos estão ativos e 59 pessoas estão em vigilância.

Com cerca de 250 mil habitantes, os 13 municípios do Médio Tejo somam hoje um total de 1231 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus (1176 no ACES Médio Tejo e 55 no ACES Pinhal Interior Sul), 690 pessoas recuperadas (651 no ACES Médio Tejo, 38 na Sertã e 1 em Vila de Rei (ACES PIS) e 23 óbitos.

No Alto Alentejo, Gavião tem hoje um total acumulado de 14 casos, tendo registado cinco novas infeções nos últimos dias, quatro das quais com cidadãos residentes na freguesia de Comenda e uma com um bombeiro residente em Gavião, havendo nove pessoas recuperadas da doença. Ponte de Sor, por sua vez, apresenta um total acumulado de 39 casos positivos (+6). Pelo menos cinco dos casos são relativos a pessoas que não residem no concelho e que não atualizaram a sua residência fiscal. O município refere apenas a ocorrência de 34 casos, dos quais 14 estão ativos.

A Lezíria do Tejo apresenta hoje um total acumulado de 1758 doentes (+64), dos quais 684 casos no concelho de Santarém (+26), segundo dados da Rede Regional. A Chamusca tem hoje um total de 65 casos confirmados (+2), entre os quais um óbito, e a Golegã regista 39 infeções. A região da Lezíria acumula 45 óbitos, 24 deles em Santarém.

O distrito de Santarém soma um total acumulado de 2934 casos (1758 na Lezíria do Tejo e 1176 no ACES Médio Tejo), e um total de 68 óbitos (45 na Lezíria e 23 no ACES Médio Tejo).  A Lezíria do Tejo apresenta um total de 1198 doentes recuperados (+12) e o ACES Médio Tejo tem 651 (-), o que dá um total de 1849 pessoas recuperadas do vírus.

Portugal com mais de 4.000 infetados em 24 horas

Portugal ultrapassou hoje os 4.000 casos diários de infeção com o novo coronavírus, registando 4.224 novos casos, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), que contabiliza também 33 mortos associados à doença covid-19.

De acordo com o boletim hoje divulgado, Portugal contabiliza um total de 132.616 casos confirmados de infeção pelo novo coronavírus e 2.428 óbitos.

O valor de hoje é mais elevado desde o inicio da pandemia tendo o número de infeções diárias registado um crescimento exponencial nas últimas semanas.

A 08 de outubro o país ultrapassou a barreira das 1.000 infeções diárias, atingindo 1.278 casos, um valor apenas registado a 10 de abril quando foram notificados 1.516 novos casos.

Desde 08 de outubro os números foram sempre em crescendo, ultrapassando pela primeira vez as duas mil infeções a 14 de outubro com o registo de 2.072 casos.

A barreira dos três mil casos diários foi ultrapassada a 22 de outubro com a notificação de 3.270 novas infeções.

Na quarta-feira, dia 28, Portugal chegou aos 3.960 novos casos diários e hoje atingiu o maior valor de sempre.

Em relação aos internamentos, o número de pessoas hospitalizadas continua a subir desde há mais de uma semana, sendo agora de 1.834 pessoas, mais 40 do que na quarta-feira, das quais 269 (mais sete) estão em Unidades de Cuidados Intensivos.

C/LUSA

PUB
PUB
Mário Rui Fonseca
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).