PUB

Covid-19 | Liga profissional de futebol e “equiparadas” mantidas em atividade

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu que a I Liga portuguesa de futebol e “ligas equiparadas” vão manter-se em atividade durante o novo confinamento geral, devido à pandemia de covid-19. Assim sendo, param os campeonatos distritais de futebol e futsal mas mantêm-se em atividade a Liga NOS, II Liga, Campeonato de Portugal, Liga BPI e Liga Placard de futsal, assim como as primeiras divisões das várias modalidades, como seja o hóquei em patins, com o Sporting de Tomar, que está na elite do hóquei patinado.

PUB

Caso mais confuso é o caso do futsal para o Ferreira do Zêzere, que disputa a 2ª divisão nacional e fica em casa este fim de semana pelas regras de confinamento. Mas como está na Taça de Portugal, terá de sair de casa no fim de semana seguinte para jogar, uma vez que a prova está inserida na listagem das que se podem disputar. Assim, a equipa terá de regressar ao trabalho na segunda-feira, no pavilhão de Ferreira do Zêzere, contrariando as regras do confinamento, para preparar o jogo da Taça de Portugal, que poderá ser disputado contra o Marítimo, sendo na região autónoma da Madeira as regras são diferentes. “Uma grande embrulhada”, diz o treinador Rogério Serrador.

ÁUDIO: TREINADOR DO FERREIRA DO ZÊZERE, ROGÉRIO SERRADOR:

PUB

“Relativamente às atividades desportivas, as [restrições e encerramentos] de lazer são mantidas, com as exceções no mesmo regime de março e abril. Sobre a Liga profissional [de futebol] e ligas equiparadas às profissionais, são mantidas em atividade, obviamente sem público”, declarou António Costa no final da reunião do Conselho de Ministros, durante a qual foram decididas as medidas do novo confinamento.

Segundo um documento distribuído durante o ‘briefing’ do chefe do Governo, será permitido exercício individual ao ar livre, com ginásios e outros recintos desportivos encerrados.

O outro ponto dedicado ao desporto aponta que possam continuar em atividade “seleções nacionais e primeira divisão sénior sem público”.

Seguindo as medidas que já têm sido aplicadas, e além das seleções nacionais, continuam em funcionamento a I e II Ligas de futebol masculino, o Campeonato de Portugal, primeiro escalão da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a Taça de Portugal e a Taça da Liga, a I Liga feminina, e as primeiras divisões sénior, masculinas e femininas, de cada modalidade, seguindo sem público nas bancadas.

“Determina-se o encerramento de um alargado conjunto de instalações e estabelecimentos, incluindo atividades culturais e de lazer, atividades desportivas (salvo a prática de desportos individuais ao ar livre e atividades de treino e competitivas) e termas”, pode ler-se no comunicado do Conselho de Ministros.

O nono Estado de Emergência foi aprovado na quarta-feira no parlamento e entra em vigor esta quinta-feira, mantendo-se em vigor até 30 de janeiro.

C/LUSA

PUB
PUB
Mário Rui Fonseca
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).