- Publicidade -

Covid-19 | Lar de Alcanena regista um óbito devido a surto e 48 pessoas infetadas

O boletim diário da situação epidemiológica no concelho de Alcanena regista esta terça-feira, 19 de janeiro, um óbito relacionado com o surto do Centro de Bem Estar Social de Alcanena. A instituição tem atualmente 48 infetados (37 idosos e 11 funcionários), um aumento de casos positivos registado mediante nova testagem. Para além do surto no lar de Alcanena, há quatro casos de SARS CoV-2 positivos nos Bombeiros de Minde.

- Publicidade -

Esta terça-feira aumentaram também para 11 as turmas em isolamento profilático das escolas do concelho, incluindo agora também a creche do Centro de Bem Estar Social de Alcanena. No total há cinco turmas da Escola Secundária de Alcanena, três turmas na Escola Básica 1/2 Anastácio Gonçalves, uma turma na Escola Básica de Minde, uma turma no Jardim de Infância de Minde e a turma na creche já mencionada.

O município de Alcanena entretanto anunciou que vai proceder esta semana à testagem de todos os seus trabalhadores, incluindo os membros das mesas de voto das eleições presidenciais, delegados e presidentes de junta e seu representantes, assim como o executivo municipal.

- Publicidade -

Portugal contabilizou hoje 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).