- Publicidade -

Covid-19 | Jovens de Abrantes entregam mais de 200 viseiras de proteção ao CHMT

Um grupo de jovens abrantinos, em parceria com o Clube Cultural e Recreativo de Vale das Mós, arrancou em Abrantes no final de março com uma campanha de recolha de viseiras de proteção, tendo esta segunda-feira procedido à entrega de 219 equipamentos de proteção aos profissionais de saúde do Hospital de Abrantes, do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT).

- Publicidade -

O objetivo da campanha era o de ajudar os profissionais de saúde do Serviço de Urgência da Unidade Hospitalar de Abrantes, onde estão concentrados os esforços no combate à covid-19 no Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), com a oferta de viseiras de proteção para reforço dos stocks e proteção e segurança dos profissionais de saúde, iniciativa que Alexandra Simão considerou ter superado as melhores expectativas.

“Missão cumprida. Entregámos 219 viseiras de proteção ao Centro Hospitalar do Médio Tejo. Superou, em larga escala, as nossas expectativas. De facto, as pessoas são solidárias quando as ações lhes fazem sentido: e este é o momento para o sermos”, disse ao mediotejo.net a jovem abrantina.

- Publicidade -

“Entregámos as viseiras de proteção ao Centro Hospitalar do Médio Tejo, mais concretamente ao Hospital de Abrantes, tendo sido recebidos pela Enfermeira Ângela, em articulação com o Conselho de Administração deste mesmo Centro Hospitalar”, referiu, tendo feito notar que os jovens estão “muito contentes” com o resultado final.

“Não só pelo valor monetário que conseguimos, donativos esses feitos pela comunidade, mas também por termos conseguido que mais duas entidades se juntassem a nós nesta ação: a AMS Publicidade e o Movimento Maker Portugal que nos fizeram chegar as suas viseiras de proteção”, notou.

“A nossa missão com os profissionais não está esgotada. Sentimos que é dever de tod@s participar na vida ativa dos profissionais de saúde ajudando-os e apoiando-os em tudo aquilo que for possível. Queremos acreditar que a nossa ajuda permitirá que possam continuar a exercer a sua função de forma segura”, disse ainda Alexandra, que concluiu com uma mensagem de esperança.

“Queremos acreditar que estes dias entre sol e chuva nos querem deixar uma mensagem: o arco-íris vai aparecendo. E aos poucos vamos lá chegar. Com resiliência. Porque na verdade… queremos mesmo que fique tudo bem”.

A administração do Centro Hospitalar, por sua vez, agradeceu “toda a solidariedade demonstrada nos últimos dias pelas diversas entidades privadas e públicas que, de diversas formas, têm querido colaborar no combate a esta pandemia”, tendo revelado que tem recebido ofertas “provenientes de associações, escolas, e diversas entidades públicas e privadas”, iniciativas que “manifestam o cariz solidário da sociedade portuguesa”.

Segundo o CHMT, “os materiais oferecidos têm chegado diretamente às três Unidades do Centro Hospitalar do Médio Tejo”, e as pessoas “podem fazer essas doações, desde que o material esteja em condições intactas de uso, podendo, para o efeito, estabelecer contacto via mail, geral@chmt.min-saude.pt, que encaminhará as ofertas para o serviço correspondente e dará as orientações para efetivarem as entregas”.

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -