- Publicidade -

Covid-19 | Hospitais do CHMT já permitem visitas a doentes internados

Os doentes internados nos hospitais de Abrantes, Tomar e Torres Novas já podem ter novamente visitas desde terça-feira, dia 16 de março. A administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) deu conta que a retoma de visitas passa a ser permitida em dois dias da semana, às terças-feiras e aos domingos, em consequência da redução de números de casos de infeção por SARS-Cov2.

- Publicidade -

Este novo horário entrou em vigor no dia 16 de março e mantêm-se ativas todas as regras então estipuladas, sendo apenas permitida uma visita por doente internado, tendo cada visita a duração de 30 minutos. Os únicos doentes que permanecem sem visitas em enfermarias são os doentes Covid-19, refere o CHMT, em nota de imprensa.

As visitas estão sujeitas a horário fixo, pré-definido, consoante o quarto de internamento e o número da respetiva cama, nos seguintes horários:14h30, 15h30, 16h30 e 17h30.

- Publicidade -

Só são permitidas visitas de maiores de 18 anos e os visitantes têm que cumprir com todas as normas de segurança e higienização em vigor, nomeadamente cumprindo a higienização das mãos e a utilização de máscara cirúrgica, sendo que os visitantes devem, a todo o tempo, garantir o distanciamento necessário com o doente que visitam, de acordo com as instruções transmitidas pela equipa de saúde.

Relativamente aos utentes que se encontram internados em quartos individuais, a visita poderá ser realizada entre as 14h30 e as 18h00, mantendo-se a duração máxima de 30 minutos por visita, refere o CHMT, tendo assegurado que “após o término de cada visita o quarto será devidamente higienizado e arejado”.

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) havia suspendido a 15 de janeiro as visitas aos doentes internados nos hospitais de Abrantes, Tomar e Torres Novas, devido ao “fortíssimo aumento dos casos de contágio” pelo novo coronavírus que se verificava na altura.

Antes, no final de outubro, o CHMT já havia restringido ao domingo, e por um período máximo de 30 minutos, as visitas a doentes internados nos hospitais deste centro hospitalar, uma alteração também justificada na ocasião pelo “aumento exponencial do número de casos de infeção por SARS-CoV-2 […] associado ao número de óbitos”.

O Conselho de Administração reserva o direito para, em caso de incumprimento das normas supra estabelecidas ou alteração das circunstâncias da pandemia, suspender ou modificar imediatamente o programa de retoma de visitas aos doentes internados no Centro Hospitalar do Médio Tejo.

Constituído pelas unidades hospitalares de Abrantes, Tomar e Torres Novas, separadas geograficamente entre si por cerca de 30 quilómetros, o CHMT funciona em regime de complementaridade de valências, abrangendo uma população na ordem dos 260 mil habitantes de 11 concelhos do Médio Tejo (distrito de Santarém), Vila de Rei (distrito de Castelo Branco), e ainda dos municípios de Gavião e Ponte de Sor (distrito de Portalegre).

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -