- Publicidade -

Segunda-feira, Dezembro 6, 2021
- Publicidade -

Covid-19 | Freguesia de Tramagal opta pela segurança e cancela Feira de Natal (C/ÁUDIO)

A Junta de Freguesia de Tramagal decidiu cancelar a realização da VIII Feira de Natal de 11 e 12 de dezembro, evento que previa a participação de dezenas de expositores, tasquinhas e espetáculos musicais, optando pela segurança e por prevenir eventuais problemas de covid-19, tendo em conta o atual quadro pandémico desfavorável.

- Publicidade -

António José Carvalho, presidente da Junta de Freguesia de Tramagal, disse ao mediotejo.net que a “difícil decisão foi tomada no atual quadro de evolução desfavorável da situação epidemiológica da covid-19, atendendo à imprevisibilidade do quadro normativo em vigor dentro de três semanas e ao risco do evento poder contribuir para a disseminação do vírus na comunidade, provocando perturbação na quadra natalícia”.

Na base da decisão, estão as razões invocadas pela Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, que desaconselhou o executivo à realização da Feira nos moldes em que estava prevista, tendo a Junta de Freguesia optado por cancelar um evento que já contava com muitas inscrições e é um evento obrigatório no calendário anual por ocasião do Natal.

- Publicidade -

ÁUDIO | ANTÓNIO JOSÉ CARVALHO, PRESIDENTE JF TRAMAGAL:

António José Carvalho, presidente JF Tramagal. Foto: mediotejo.net

mediotejo.net – Foi o fator segurança que levou a esta tomada de decisão?

Sim, a segurança da nossa comunidade é um ponto fundamental do trabalho que fazemos e de facto, neste momento, a três semanas do evento, estamos com uma evolução negativa da pandemia e consultada a autoridade de saúde, nós acabámos por decidir cancelar o evento pois não o poderíamos realizar nos moldes em que estávamos a pretender fazê-lo.

Nós estávamos a organizar esta feira tendo um caráter festivo também, com vários espetáculos e com comes e bebes, atividades no espaço do mercado e fica complicado nós fazermos o programa conforme estávamos a idealizar. Era um programa atrativo, onde pretendíamos ter muita gente, com concentração de pessoas e isso punha de facto condições para que contágios pudessem ocorrer, caso houvesse algum surto, e depois esse surto podia-se desenvolver durante um período que levaria a um impacto na altura da própria quadra natalícia, que nós queremos de todo evitar. Portanto, com estas situações todas, tomámos a difícil decisão de cancelar esta feira.

Já divulgou esta decisão às associações e feirantes? Ficaram desiludidos ou compreenderam a decisão do executivo?

Sim, temos que nos conformar, logo a própria organização do evento ficou bastante triste com este cancelamento, tivemos o cuidado de informar em primeira mão todos os envolvidos mais diretamente, as associações, os feirantes, os artistas que estavam previstos colaborar connosco, depois comunicamos recentemente a toda a população através da nossa página do Facebook, dando as explicações que levaram à decisão. O trabalho vai continuar no sentido de fazer tudo o que seja possível nas outras vertentes que temos de trabalhar para fazer com que o Natal em Tramagal seja feliz e com saúde, que é o que é importante para todos.

Tendo em conta que não haverá feira de Natal, o que se pode esperar até ao final do ano na freguesia?

Vamos desde logo iluminar as nossas ruas com alguma iluminação de Natal para alegrar o ambiente, fazer tudo o possível para que haja alguma vivência na freguesia, continuamos com algumas perspetivas de até ao final do ano conseguirmos implementar algumas exposições que estamos a prever para o espaço da própria junta de freguesia, que tenham alguma atratividade e que sejam motivo de visita à localidade. E, enfim, esperamos também que o comércio, associações e todos, que procurem, em segurança e com os devidos cuidados necessários, conviver nesta nossa vila convívio e passarem aqui os momentos mais agradáveis possíveis. Com todo o trabalho que temos estado a realizar de melhoramento da freguesia e para que a terra seja cada vez mais atrativa, e isso vamos fazer o melhor possível. Há aqui também depois uma vertente social que estamos a lidar com o máximo de cuidado para que as populações mais desfavorecidas também possam ter um Natal o mais feliz possível.

Este seria o grande evento deste novo executivo, pedia uma palavra para os tramagalenses tendo em conta a quadra natalícia que se avizinha e o facto de não haver mais uma vez este espaço de encontro da Feira de Natal…

Há que desejar já, embora à distância de ainda um mês, um feliz natal para todos, uma quadra festiva boa, um ano novo que esperemos que seja sem covid, sem esta perturbação que já vai para dois anos a interromper-nos a nossa feira, e de termos uma normalidade total nas nossas vidas. Nós vamos realizar eventos, vamos ter no próximo ano com certeza muitas oportunidades de convívio, queremos que durante todo o ano haja momentos de reunião com a comunidade, com visitantes também, ter mais pessoas a visitar-nos. Há no próximo ano uma comemoração excecional dos 100 anos de desporto em Tramagal, por via do centenário do Tramagal Sport União, há muita esperança e vontade de que as coisas voltem e de facto concretizemos todos os nossos projetos aqui na nossa freguesia. Esperemos que todo decorra pelo melhor para todos”.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome