Covid-19 | Entroncamento, Sardoal e Tomar com centros de triagem no Médio Tejo (C/AUDIO)

Entroncamento, Sardoal e Tomar abrem centros de triagem ao vírus na região do Médio Tejo. Vila de Rei, Sertã e Ponte de Sor também têm centros de rastreio. Foto: CME

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo tem a funcionar três áreas dedicadas ao rastreio à covid-19, denominadas ADC-Comunitário, no Entroncamento, Sardoal e Tomar, que funcionam todos os dias úteis das 08:00 às 20:00, disse a diretora executiva do ACES Médio Tejo. Diana Leiria explicou que estes espaços visam atender os utentes com suspeitas de poderem estar infetados” com covid-19.

PUB

PUB

Segundo a responsável, os ADC-Comunitários foram abertos na sequência da entrada de Portugal na fase de mitigação da pandemia de covid-19 e estão “equipados com o material necessário para o seu funcionamento”.

No total, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) anunciou a abertura de um total de 35 unidades dedicadas à covid-19 nos cuidados de saúde primários.

PUB

Estas áreas são compostas por “duas salas de observação, com áreas de receção, de espera e instalações sanitárias separadas dos doentes” que não apresentem suspeitas de covid-19.

No Médio Tejo foram criadas as ADC (Áreas Dedicadas para avaliação e tratamento de doentes COVID-19) no Entroncamento, Tomar (Sabacheira) e Sardoal.
Foto: mediotejo.net

A ARSLVT, em nota de imprensa, adianta que cada uma destas unidades é constituída por “médico, enfermeiro, assistente operacional, administrativo e equipa de limpeza”, e acrescenta também que deverão acorrer, preferencialmente, a estas unidades as pessoas que apresentem sintomas respiratórios e que tenham contactado previamente com a Linha SNS24.

A responsável pelo ACES Médio Tejo abordou ainda a forma como se processa a referenciação dos cidadãos para os ADC Comunitários, tendo referido que é considerado “suspeito de covid-19” todo o “utente que desenvolva quadro respiratório agudo de tosse (persistente ou agravamento de tosse habitual), ou febre (temperatura > = 38.0ºC), ou dispneia/ dificuldade respiratória”, e que deve, neste quadro de sintomas, ligar para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24).

“A linha de Saúde 24 poderá, ou não, reencaminhar para um ADC Comunitário”, afirmou Diana Leira, tendo feito notar que “esta é a regra” e que, “se ainda assim, o utente se dirigir à unidade de saúde, deve sempre desenvolver esse contacto pelo telefone”, de forma a evitar risco de contágio.

“O médico de família orientará o utente da forma mais adequada”, indicou, sublinhando que “a mensagem essencial é a de ficar em casa e cumprir as regras divulgadas pela Direção Geral da Saúde”.

Por seu lado, a delegada de saúde pública do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo, Maria do Anjos Esperança, disse que, até este sábado, dia 11 de abril, estavam confirmados 103 casos com covid-19 na região, dois óbitos (em Tomar e lcanena) e um total atual de 302 cidadãos em vigilância ativa.

O ACES Médio Tejo abrange 11 municípios e cerca de 225 mil utentes, sendo composto pelos municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

No Médio Tejo foram criadas as ADC (Áreas Dedicadas para avaliação e tratamento de doentes COVID-19) no centro de saúde da Sabacheira (Tomar) Sardoal e Entroncamento. Foto: JF Sabacheira

Entroncamento
Telefone: 249 720 412
Rua Baden Powell, 2330-540 Entroncamento
Centro de Convívio da 3ª Idade
Dias Úteis das 8H às 20H
Sardoal
Telefone: 241 850 072 / 076
Avenida Heróis do Ultramar Lote 7, 2230-123 Sardoal
Dias Úteis das 8H às 20H
Tomar
Telefone: 249 566 827
Rua da Comenda da Sabacheira, 2305-624 Sabacheira, Tomar
Dias Úteis das 8H às 20H

Portugal conta com 16.585 infetados pelo novo coronavírus (mais 598 em relação a ontem, num aumento de 3,74%) e 504 vítimas mortais (mais 34, numa variação de 7,23%). Os dados são revelados pelo mais recente balanço divulgado pela Direção-Geral da Saúde, este domingo. Ainda de sublinhar a existência de 277 casos recuperados e 3.611 pessoas que aguardam os resultados laboratoriais.

 

O Agrupamento de Centros de Saúde da Lezíria tem áreas de triagem para esta doença em Santarém, Rio Maior, Almeirim, Cartaxo e Coruche, com os testes a serem realizados em dois laboratórios convencionados situados em Santarém.

O ACES Lezíria abrange os concelhos de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém, num total de cerca de 200.000 utentes.

Ainda pelo Médio Tejo, mas ligados ao ACES do Pinhal Interior Sul, mantém-se um caso positivo a registar em Vila de Rei, uma mulher de 36 anos. Sertã tem dois casos confirmados. Gavião e Ponte de Sor, no Alto Alentejo, não registam casos positivos até este sábado.

No ACES do Pinhal Interior Sul, Sertã, Vila de Rei, Oleiros e Proença-A-Nova têm áreas de Assistência a Doentes Covid (ADC), que funcionam como centros de rastreio, apurou o mediotejo.net.

Na Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Ponte de Sor, Elvas e Portalegre acolhem as áreas de Assistência a Doentes Covid (ADC), ou centros de rastreio. O município de Gavião fica adstrito a Ponte de Sor.

Com um caso confirmado em Vila de Rei e dois na Sertã, autarquias que pertencem à Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo mas que estão ligadas ao ACES Pinhal Interior Sul na área da Saúde, a região da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo soma agora um total de 106 casos de pessoas infetadas pela covid-19.

*Zaragatoa – instrumento clínico semelhante a um pincel, geralmente constituído por uma vareta com fios de linho ou algodão hidrófilo numa das extremidades, usado para efetuar colheitas de exsudados.

c/LUSA

PUB
APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser), através do IBAN PT50001800034049703402024 (conta da Médio Tejo Edições) ou usar o MB Way, com o telefone 962 393 324.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here