- Publicidade -
Sexta-feira, Janeiro 21, 2022
- Publicidade -

Covid-19 | Encerramento de creches e ATL antecipado para dia 25 de dezembro

O encerramento de creches e ateliês de tempos livres (ATL), que estava previsto para a “semana de contenção” entre 03 e 09 de janeiro, foi antecipado para o dia 25 de dezembro, anunciou hoje o primeiro-ministro.

- Publicidade -

- Publicidade -

“A partir das zero horas do próximo dia 25, (…) vamos proceder, com apoio às famílias, ao encerramento de creches e ATL”, anunciou António Costa em conferência de imprensa, após a reunião do Conselho de Ministros.

A antecipação do encerramento destas atividades letivas, além de outras medidas previstas para a primeira semana de janeiro, foi decretada face ao agravamento da situação epidemiológica em Portugal.

- Publicidade -

No dia 25 de novembro, o Governo tinha anunciado que todos os estabelecimentos de ensino estariam fechados entre os dias 02 e 09 de janeiro, adiando o início do 2.º período letivo para limitar eventuais contágios depois das festas.

Com os alunos do pré-escolar ao secundário de férias desde sexta-feira passada e até ao dia 10 de janeiro, o Conselho de Ministros decidiu hoje que as creches e ATL, que habitualmente estariam a funcionar entre o Natal e o Ano Novo, estarão também encerradas nesses dias.

- Publicidade -

Durante esse período, o Governo vai também assegurar o apoio à família, reativado de 02 a 09 de janeiro, destinado a quem tem filhos menores de 12 anos ou, nos casos de quem está em caso de teletrabalho, na escola até ao 4.º ano.

A covid-19 provocou mais de 5,35 milhões de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.812 pessoas e foram contabilizados 1.233.608 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como preocupante pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 89 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome