Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Setembro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Covid-19 | Doze casos positivos a fechar uma semana com ligeira progressão do coronavírus na região

A pandemia de covid-19 chegou ao Médio Tejo há 69 semanas, tendo o pior registo sido registado na semana 42, com um acumulado de 2122 casos. Esta semana termina com 112 casos reportados.

Nas últimas 24 horas foram contabilizados mais 12 infecções pelo SARS-CoV-2 no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, em Constância (1), Entroncamento (1), Mação (2), Ourém (6), Tomar (1) e Vila Nova da Barquinha (1).

- Publicidade -

- Publicidade -

Há hoje 476 pessoas em vigilância ativa no ACES Médio Tejo, 173 dos quais em Ourém, onde o novo coronavírus tem progredido mais nos últimos dias, sendo de destacar também as 82 pessoas acompanhadas em Tomar e outras 59 em Abrantes.

- Publicidade -

Segundo os cálculos que o mediotejo.net realiza diariamente, o risco de transmissão da covid-19 mantém-se “moderado” em todos os concelhos, exceto em Constância, que está em “risco elevado”, hoje com 447 casos por cada 100 mil habitantes – ainda quase no dobro do limite definido pela DGS, de 240 casos, no caso dos concelhos de baixa densidade populacional.

As infeções pelo novo coronavírus progrediram ligeiramente nos últimos dois dias, passando o índice de transmissibilidade (Rt) a ser de 1,1. O número de casos positivos está, contudo, bem longe dos registados na 2ª e 3ª vagas de covid-19 na região, não havendo registo de qualquer óbito no ACES Médio Tejo há mais de três semanas.

A pandemia de covid-19 chegou ao Médio Tejo há 69 semanas, tendo o pior registo sido registado na semana 42, com um acumulado de 2122 casos. Esta semana termina com 112 casos reportados.

Mais 2.323 casos em Portugal e aumento de internamentos e cuidados intensivos

Portugal registou hoje mais 2.323 novos casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, oito mortes atribuídas à covid-19 e um aumento de doentes internados e em cuidados intensivos, referem os dados da Direção-Geral da Saúde.

Segundo o boletim epidemiológico de hoje, a maioria das novas infeções foi registada na região de Lisboa e Vale do Tejo, com 1.058, e o país regista hoje um total de 45.302 casos ativos.

Os mesmos dados indicam ainda que se registaram oito óbitos, mais dois do que os verificados no sábado, estando agora mais 40 pessoas internadas em enfermaria, num total de 672, e mais nove doentes em unidades de cuidados intensivos, que acolhem 153 pessoas.

As oito mortes registadas nas últimas 24 horas ocorreram sobretudo na região de Lisboa e Vale do Tejo, com seis, e as regiões do Algarve e do Alentejo, cada um com um óbito, elevando o número de óbitos atribuídos à pandemia para um total de 17.156, dos quais 9.010 relativos a homens e 8.146 a mulheres. A faixa etária em que se regista maior número de mortos é a de maiores de 80 anos, seguida dos 70-79.

Desses oito óbitos hoje anunciados, três enquadram-se na faixa etária entre os 60 e 69 anos, dois na faixa etária dos 70-79, enquanto os restantes três estão no grupo de mais de 80 anos.

De acordo com a autoridade de saúde, recuperaram da infeção nas últimas 24 horas mais 1.019 pessoas, o que aumenta para 845.516 o número de recuperados desde o início da pandemia.

O número de contactos em vigilância está nos 73.762, na sequência de 1.127 pessoas terem passado, nas últimas 24 horas, a integrar este grupo.

Desde o início da pandemia no país, contam-se 907.974 casos acumulados.

A região de Lisboa e Vale do Tejo contabiliza desde então 354.229 casos de infeção, seguida de perto pelo Norte (353.402), refere a DGS.

No Centro já foram notificados 124.588 casos, no Alentejo 31.790, no Algarve 27.342, na Madeira 10.073 e nos Açores 6.550.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação disponibilizada no boletim da DGS.

Segundo os dados disponibilizados na página da DGS relativos a sexta-feira, existem agora 9.625.694 doses de vacinas administradas, 5.915.601 referentes à primeira dose e 3.710.093 à segunda.

A meta de ter 70% da população adulta vacinada contra a covid-19 com pelo menos uma dose foi atingida na passada sexta-feira.

*C/Lusa

Sou diretora do jornal mediotejo.net e da revista Ponto, e diretora editorial da Médio Tejo Edições / Origami Livros. Sou jornalista profissional desde 1995 e tenho a felicidade de ter corrido mundo a fazer o que mais gosto, testemunhando momentos cruciais da história mundial. Fui grande-repórter da revista Visão e algumas da reportagens que escrevi foram premiadas a nível nacional e internacional. Mas a maior recompensa desta profissão será sempre a promessa contida em cada texto: a possibilidade de questionar, inquietar, surpreender, emocionar e, quem sabe, fazer a diferença. Cresci no Tramagal, terra onde aprendi as primeiras letras e os valores da fraternidade e da liberdade. Mantenho-me apaixonada pelo processo de descoberta, investigação e escrita de uma boa história. Gosto de plantar árvores e flores, sou mãe a dobrar e escrevi quatro livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome