Covid-19 | Distrito de Santarém chega aos 267 casos, 92 dos quais no ACES Médio Tejo (C/AUDIO)

A região do Médio Tejo tem um total acumulado de 394 casos covid, dos quais 198 pessoas recuperaram da doença. Há ainda 15 óbitos a registar. Foto ilustrativa: DR

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Médio Tejo contabilizou esta quarta-feira, dia 8 de abril, mais sete casos positivos de doentes por covid-19 (de 85 para 92) dois em Ourém, dois em Tomar e mais três casos registado em Torres Novas, Entroncamento e Vila Nova da Barquinha, uma subida global de 8,2%. O concelho de Ourém é o que regista maior número de casos confirmados (26), seguido de Abrantes e de Torres Novas (16). Mação é o único concelho sem casos confirmados. A região do ACES Médio Tejo contabiliza agora, até às 19:30 de hoje, 92 casos de pessoas infetadas e três mortes (em Alcanena, Tomar, e Ourém).

Em declarações ao mediotejo.net, a Delegada de Saúde Pública do ACES Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, deu conta do evoluir dos casos na região, nomeadamente do caso específico de Ourém, que regista 26 pessoas infetadas e é o concelho mais afetado. A responsável deu ainda conta da medida do governo que visa impedir as pessoas de circular entre municípios entre os dias 9 e 13 de abril, para conter a expansão do vírus.

Ourém (26), Abrantes (16), Torres Novas (16) Tomar (13), Alcanena (9), Vila Nova da Barquinha (5), Entroncamento (3), Ferreira do Zêzere (2) Constância (1), e Sardoal (1), a par de três mortes (em Tomar (1), em Alcanena (1) e Ourém (1), são os dados acumulados referentes ao ACES Médio Tejo ao dia de hoje [quarta-feira] e validados por Maria dos Anjos Esperança, Delegada de Saúde Pública.

Em vigilância ativa estiveram até agora um total de 462 cidadãos, 182 dos quais já saíram do período de 14 dias de quarentena. A maioria destes dados acumulados estão registados em Torres Novas (110), Abrantes (86) e Tomar (72). Segue-se o concelho de Ourém (64), Entroncamento (49), Alcanena (33), Vila Nova da Barquinha (26), Ferreira do Zêzere (14), Sardoal (5) e Mação (3).

Ainda pelo Médio Tejo, na área territorial da CIM Médio Tejo, mas ligados ao ACES do Pinhal Interior Sul, há três casos positivos a registar, sendo que dois casos são da Sertã e um em Vila de Rei. Assim, os 13 municípios da área de abrangência da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo têm agora um total de 95 casos confirmados.

O ACES Médio Tejo abrange 11 municípios e cerca de 225 mil utentes/frequentadores, sendo composto pelos municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha.

Gavião registou hoje o primeiro caso positivo, aguardando o cidadão o resultado do segundo teste, e Ponte de Sor, no Alto Alentejo, não regista casos positivos às 19:00 desta quarta-feira. Nesta área geográfica da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), em 15 municípios, há agora seis casos positivos a registar, três em Elvas, dois em Portalegre e um em Gavião.

No ACES do Pinhal Interior Sul, Sertã, Vila de Rei, Oleiros e Proença-A-Nova vão ter áreas de Assistência a Doentes Covid (ADC), que funcionam como centros de rastreio. Na Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Ponte de Sor, Elvas e Portalegre acolhem as áreas de Assistência a Doentes Covid (ADC), ou centros de rastreio, desde esta semana. O município de Gavião fica adstrito a Ponte de Sor.

A Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA) anunciou esta quarta-feira que entraram em funcionamento três centros de diagnóstico da covid-19 para dar resposta aos utentes que residem nos 15 concelhos que compõem o distrito de Portalegre. Em comunicado, a ULSNA explica que está instalado um centro de diagnóstico no Núcleo Empresarial da Região de Portalegre (NERPOR), com o objetivo de dar resposta aos utentes dos concelhos de Portalegre, Castelo de Vide, Marvão, Crato, Nisa, Monforte e Arronches. Em Elvas, está instalado um centro de diagnóstico no Coliseu Comendador Rondão de Almeida para dar resposta aos utentes daquele concelho e aos de Fronteira, Sousel e Campo Maior. Já o centro de diagnóstico de Ponte de Sor, instalado no estádio municipal, vai dar resposta aos utentes daquele concelho e de Avis, Alter do Chão e Gavião.

Na Lezíria, a Chamusca regista um caso, assim como a Golegã. A Lezíria do Tejo apresentava até às 19:30 desta quarta-feira um total de 175 doentes, dos quais 61 casos no concelho de Santarém, 39 em Benavente, 20 em Coruche, 18 no Cartaxo e 11 em Almeirim. O distrito de Santarém soma assim, às 19:30 de hoje, 267 casos (175 na Lezíria do Tejo e 92 no Médio Tejo), e três óbitos (todos no ACES Médio Tejo).

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,4 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 82 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 380 mortes, mais 35 do que na véspera (+10,1%), e 13.141 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 699 em relação a terça-feira (+5,6%).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here