- Publicidade -

Covid-19 | Chamusca quer mudar posto de vacinação para o pavilhão dos bombeiros

O centro de saúde da Chamusca não tem condições para a campanha de vacinação contra a Covid-19, caso o número de vacinas aumente. A opinião é do presidente da Câmara que alertou para o problema em reunião de executivo. Nesta fase estão a ser administradas 60 vacinas por dia, mas prevê-se que haja um “aumento substancial” do número de vacinas disponível a partir do mês de abril, revelou Paulo Queimado.

- Publicidade -

Para o autarca, perante a perspetiva de se triplicar para 150 a 160 o número de vacinas por dia, o centro de saúde não tem condições para dar resposta. A esta situação, acresce o problema da falta de médicos.

Por isso, o que a câmara propôs ao Agrupamento de Centros de Saúde é que fosse utilizado o pavilhão dos bombeiros, mudança que Paulo Queimado espera ser concretizada em breve.

- Publicidade -

Nesta fase, os Serviços Municipais de Proteção Civil, em colaboração com os militares, instalaram duas tendas em frente às instalações do centro de saúde, solução que o autarca da Chamusca considera provisória.

Para já, as tendas funcionam como solução provisória. Foto: CM Chamusca

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).