Covid-19 | ACES Médio Tejo regista três novos infetados em Torres Novas e Ourém (c/audio)

A região do Médio Tejo contabiliza 229 casos de pessoas infetadas com Covid-19 e 134 cidadãos recuperados da doença. Foto: DR

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo teve registo nas ultimas 24 horas de três novos casos de coronavírus, dois em Ourém e um em Torres Novas, todas pessoas em idade ativa. Os 11 municípios deste ACES têm agora um total de 169 casos acumulados desde 16 de março, dia em que foi conhecido o 1º caso na região, dos quais 109 pessoas já recuperaram totalmente da doença e 31 estão em vigilância ativa.

PUB

A Delegada de Saúde Pública do ACES Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, deu conta que os novos casos em Ourém foram detetados em duas amas e os testes efetuados permitiram que não tivessem ido trabalhar, sendo que o caso de Torres Novas é de uma senhora em idade ativa que apresentou sintomatologia e acusou positivo no teste efetuado.

Este ACES tem agora um total acumulado de 169 casos positivos, dos quais 109 pessoas estão totalmente curadas e 31 estão em vigilância ativa. Torres Novas (48), Ourém (40), Abrantes (21), Tomar (19), Entroncamento (15), Alcanena (11), Vila Nova da Barquinha (7), Constância (3), Ferreira do Zêzere e Mação (2) e Sardoal (1) são os dados acumulados referentes aos 11 municípios do ACES Médio Tejo ao dia de hoje [quarta-feira].

PUB

A Sertã tem seis casos confirmados, dos quais quatro pessoas recuperadas da doença, e Vila de Rei teve um doente, também já considerado curado. No total dos 13 municípios da região do Médio Tejo há um acumulado de 176 casos confirmados de covid-19, sendo que 114 pessoas estão já recuperadas do vírus.

Ainda pelo Médio Tejo, na área territorial da CIM Médio Tejo, mas ligados ao ACES do Pinhal Interior Sul, há sete casos positivos a registar, seis (6) dos quais na Sertã e um (1) em Vila de Rei. Um doente em Vila de Rei e quatro na Sertã já foram dados como recuperados. Assim, os 13 concelhos da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo têm até esta quarta-feira, dia 20 de maio, um total de 176 pessoas infetadas pela covid-19, das quais resultaram duas mortes e 114 pessoas recuperadas.

O ACES Médio Tejo abrange 11 municípios e cerca de 225 mil utentes/frequentadores, sendo composto pelos municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha. Vila de Rei e Sertã estão ligados ao ACES do Pinhal Interior Sul.

Gavião e Ponte de Sor, no Alto Alentejo, continuam sem registar casos de covid-19. No entanto, na página da Direção Geral da Saúde (DGS), o concelho de Ponte de Sor surge com três casos confirmados, tendo o mediotejo.net apurado que os dados reportam-se a pessoas que há muito não residem naquele município, tendo, no entanto, ainda ali registada a sua residência.

Na Lezíria do Tejo, a Chamusca mantém um registo de nove casos, entre os quais uma pessoa recuperada e um óbito a lamentar. A Golegã tem agora três casos confirmados. No total, a região da Lezíria soma agora 13 óbitos: Santarém (3), Benavente (2), Coruche (2), Salvaterra de Magos (2), Almeirim (1), Chamusca (1), Cartaxo (1) e Alpiarça (1).

A Lezíria do Tejo apresentava até às 18:30 desta quarta-feira um total acumulado de 358 doentes, dos quais 127 casos no concelho de Santarém, segundo dados recolhidos pela Rede Regional.

O distrito de Santarém soma assim, às 18:30 de hoje, 520 casos (354 na Lezíria do Tejo e 166 no Médio Tejo), e um total de 15 óbitos (13 na Lezíria e dois no ACES Médio Tejo). A Lezíria do Tejo apresentava 257 doentes recuperados e o ACES Médio Tejo tem 109, o que dá um total de 366 pessoas recuperadas do vírus.

Indicador de transmissibilidade de infeção revela “estabilidade” – Governo

O indicador que define o grau de transmissibilidade de infeção do novo coronavírus está estável, com cada doente a originar, em média, menos de um caso secundário, anunciou hoje o secretário de Estado da saúde.

Entre 13 e 17 de maio, a média do RT foi de 0,95, o que significa que “a nível nacional um caso infetado originou, em média, menos de um caso secundário”, explicou António Lacerda Sales.

“Estamos perante uma estabilidade deste indicador de transmissibilidade de infeção (RT)”, anunciou o governante na conferência de imprensa diária sobre a pandemia de covid-19, realizada em Lisboa, durante a qual referiu outros números que considerou darem algum “alento e um sinal de confiança no futuro coletivo”.

Desde 11 de maio, “a taxa de testes positivos diários ficou abaixo dos 5%”, salientou, lembrando que nos últimos dois meses e meio – entre 01 de março e 18 de maio – se realizaram 674 mil testes, o que representa uma média diária de cerca de 8.500 testes.

O secretário de Estado da saúde lembrou que é preciso continuar a olhar para os dados “com cautela”, mas não se pode ignorar que são bons sinais os que surgem relativos à segunda semana da 1.º fase de desconfinamento, entre 13 e 17 de maio.

No último mês, o número médio semanal de internamentos tem diminuído, assim como as unidades de cuidados intensivos seguem “uma tendência semelhante”, sublinhou António Sales.

O número de mortes semanais também tem diminuído, “semana após semana, desde 13 de abril”, mas “não está tudo feito”, sublinhou.

Portugal regista hoje 1.263 mortes relacionadas com a covid-19, mais 16 do que na terça-feira, e 29.660 infetados, mais 228, segundo o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde.

c/LUSA

PUB
PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser), através do IBAN PT50001800034049703402024 (conta da Médio Tejo Edições) ou usar o MB Way, com o telefone 962 393 324.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here