Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

Covid-19 | ACES Médio Tejo regista 27 novos casos de infeção nas últimas 24 horas (c/ÁUDIO)

O Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo contabiliza 27 novas infeções por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o mapa diário enviado pelo ACES e que hoje assenta nas notificações de casos positivos retirados da base de dados da DGS. Os novos casos de infeção foram registados em Abrantes (+16), Ourém (+4), Tomar (+3), Alcanena (+3), e Torres Novas (+1). Ferreira do Zêzere, Entroncamento, Mação, Sardoal, Vila Nova da Barquinha e Constância não registaram novos casos de doença. Portugal registou hoje 196 mortes relacionadas com a covid-19 e 2.505 casos de infeção com o novo coronavirus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

- Publicidade -

Uma das situações mais preocupantes está relacionada com um surto por covid-19 que infetou cerca de 80 utentes e funcionários no lar da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes e já causou sete mortes, mas a situação apresenta-se “estabilizada”, disse hoje o presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Manuel Jorge Valamatos.

ÁUDIO: MANUEL JORGE VALAMATOS, PRESIDENTE CM ABRANTES:

- Publicidade -

A delegada de Saúde Pública do ACES Médio Tejo, Maria dos Anjos Esperança, disse que na próxima semana vão continuar a ser vacinados utentes e funcionários de lares e que está tudo a ser ultimado para arrancar com a nova fase de vacinação a idosos com 80 ou mais anos e a pessoas com mais de 50 anos e com patologias associadas (insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal ou doença respiratória crónica sob suporte ventilatório e/ou oxigenoterapia de longa duração) não havendo ainda um dia definido para o início do processo. As pessoas vão ser chamadas pelos autoridades de saúde.

ÁUDIO: DELEGADA DE SAÚDE PÚBLICA, MARIA DOS ANJOS ESPERANÇA:

Nos 11 municípios do ACES Médio Tejo há hoje um total acumulado de 12.170 casos desde o início da pandemia (+27), sendo o concelho de Ourém o que regista maior número de casos, com 2896 infeções (+4), seguido por Tomar, com 2328 (+3), Torres Novas com 1913 (+1), Abrantes, com 1451 (+16), Entroncamento, com 1038 (-), Alcanena, com 960 (+3), Ferreira do Zêzere, com 597 (-), Mação, com 420 (-), Vila Nova da Barquinha, com 248 (-), Sardoal, com 161 (-), e Constância, com 158 casos (-).

No ACES Médio Tejo estão hoje 427 pessoas em vigilância ativa (-117). Tomar tem 75 cidadãos nesta condição, seguido de Abrantes e Alcanena (57), Mação (51), Ferreira do Zêzere (46), Ourém (41), Torres Novas (38), Entroncamento (28), Sardoal (13), Constância (11), e Vila Nova da Barquinha (10).

O ACES Médio Tejo regista um total acumulado de 12.170 pessoas infetadas (+27), 7.697 recuperadas (+75), 427 pessoas em vigilância ativa (-117) e 282 óbitos (-). A delegada de Saúde disse ao mediotejo.net que a mortalidade do vírus se fez refletir de forma especialmente grave em janeiro, mês que registou 148 mortes neste ACES.

Sertã tem 623 casos (-) e Vila de Rei 136 (-) desde o início da pandemia

No ACES do Pinhal Interior Sul (PIS), o município da Sertã apresenta um total acumulado de 623 pessoas infetadas (-), das quais 548 recuperadas da doença (+41). A Sertã tem 67 casos ativos e 66 pessoas em vigilância ativa. Há registo de 8 óbitos na Sertã.

Vila de Rei, por sua vez, regista hoje um total de 136 casos de infeção (-) desde o início da pandemia, 82 dos quais ativos e 48 pessoas recuperadas. Há 6 óbitos a registar, segundo os dados do ACES PIS. Vila de Rei tem 35 pessoas em vigilância.

Região do Médio Tejo com total de 12.929 casos e 296 óbitos nos 13 municípios

Com cerca de 250 mil habitantes, os 13 municípios do Médio Tejo somam um total de 12.929 casos de infeção pelo novo coronavírus (+27), das quais 12.170 no ACES Médio Tejo e 769 no ACES Pinhal Interior Sul (623 na Sertã e 136 em Vila de Rei). Há um total de 8.293 pessoas recuperadas (7.697 no ACES Médio Tejo, um total de 548 na Sertã e 48 em Vila de Rei (ACES PIS), a par de 296 óbitos (282 no ACES Médio Tejo e 14 no ACES PIS).

O ACES Médio Tejo abrange a área territorial de 11 municípios com cerca de 235 mil utentes, e abrange as unidades de saúde de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila nova da Barquinha, numa área territorial de 2.706,10 Km’s quadrados.

Os municípios da Sertã e Vila de Rei fazem parte do Comunidade Intermunicipal (CIM) do Médio Tejo na divisão político-administrativa mas em termos de Saúde estão ligados ao ACES do Pinhal Interior Sul (PIS) que abrange ainda os concelhos de Proença-a-Nova e Oleiros, num total de cerca de 30 mil utentes.

Ponte de Sor com 778 casos (+8) e Gavião com 178 (-) casos acumulados

No Alto Alentejo, Ponte de Sor apresenta hoje um total acumulado de 778 casos positivos desde o início da pandemia (+8). Pelo menos cinco dos casos são relativos a pessoas que não residem no concelho e que não atualizaram a sua residência fiscal, pelo que o município refere apenas a ocorrência de 773 casos, dos quais 640 estão recuperados (+20) e 103 estão ativos. Há 28 óbitos (+2) a lamentar no concelho.

Gavião, por sua vez, apresenta hoje um total acumulado de 178 casos (-) de covid-19, dos quais 164 pessoas estão dadas como recuperadas da doença (+1). Há quatro óbitos a lamentar e 10 casos ativos no concelho (-1), segundo informação da autarquia.

Lezíria com 13.406 casos e 356 óbitos desde o início da pandemia

A Lezíria do Tejo apresenta um total de 13.406 casos de infeção por SARS-CoV-2, das quais 4.102 casos no concelho de Santarém. A Chamusca tem um total de 451 casos confirmados e 16 óbitos, e a Golegã tem 222 infeções e nove óbitos.

A região da Lezíria acumula 356 óbitos, 116 dos quais em Santarém, e 10.668 pessoas recuperadas da doença.

Distrito de Santarém com total de 25.566 casos e 638 óbitos

O distrito de Santarém soma um total acumulado de 25.566 casos confirmados de doença (13.406 na Lezíria do Tejo e 12.170 no ACES Médio Tejo), e um total de 638 óbitos (356 na Lezíria e 282 no ACES Médio Tejo).  A Lezíria apresenta um total de 10.668 recuperados e o ACES Médio Tejo 7.697, o que dá um total de 18.365 pessoas recuperadas da doença.

Portugal com 196 mortes e 2.505 casos de infeção nas últimas 24 horas

Portugal registou hoje 196 mortes relacionadas com a covid-19 e 2.505 casos de infeção com o novo coronavirus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim da DGS revela também que estão internadas 6.344 pessoas, mais 96 do que no domingo, das quais 877 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 12.

Desde o dia 28 de dezembro que Portugal não registava um número de novos casos tão baixo, quando o país teve 2.093 novas infeções diárias, também uma segunda-feira, dia em que habitualmente os valores são mais reduzidos.

Os dados de hoje revelam ainda que 6.755 pessoas foram dadas como recuperadas, fazendo subir para 612.921 o número de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

Há oito dias consecutivos que o número de recuperados supera o de novas infeções.

O número de casos ativos em Portugal também regista um decréscimo. Há 140.644 pessoas com o vírus ativo, menos 4.446 em relação a domingo, e o valor mais baixo desde 19 de janeiro, quando se registavam 135.841.

O número de óbitos hoje é igualmente o mais baixo desde 18 de janeiro, dia em que se registaram 167 mortes.

Desde março de 2020, Portugal já registou 14.354 mortes associadas à covid-19 e 767.919 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2.

c/LUSA

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).