Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância/Autárquicas | Independentes (MIC) contam ‘espingardas’ para a conquista do “condado” (C/VIDEO)

Cerca de 90 pessoas marcaram presença em Vale de Mestre, Santa Margarida da Coutada, no almoço de apresentação da candidatura oficial do Movimento de Independentes de Constância (MIC) e dos cabeças de lista aos vários órgãos autárquicos para as eleições de 1 de outubro. João Carlos Baião, 53 anos, atual presidente da junta de freguesia de Constância eleito pela CDU, lidera a candidatura à Câmara Municipal e considerou a presença de quase uma centena de pessoas um “grande arranque para o objetivo da vitória”. Artur Barroca da Cunha, mandatário de campanha, disse que “os munícipes do até agora condado de Constância passam a ter uma alternativa livre de grilhetas ou amarras”.

- Publicidade -

Foi o mandatário autodesignado de “procurador” da candidatura do MIC o primeiro a abrir o discurso, longo, centrado na importância democrática de uma alternativa composta por pessoas independentes, na liberdade, relações humanas, ambiente e energias limpas.

“A partir de agora o nosso município jamais será o mesmo (…) Porque os partidos instalados (…) jamais terão sossego devido ao despertar das consciências e razões que o nosso MIC trouxe às populações. A partir de hoje existe um novo contexto de participação cívica e de partilha do poder. Sim, nós queremos ser poder, para melhor servir e apoiar os constancienses”, frisou Artur Barroca da Cunha.

- Publicidade -

“Os munícipes do até agora condado de Constância passaram a ter, desde hoje, em alternativa, a possibilidade de escolher, livres de sequelas e estigmas a que os partidos tradicionais (…) no subordinavam e amarravam, para não dizermos nos prendiam”, referiu, tendo criticado “o abandono dos recursos naturais locais”.

O mandatário/procurador, Barrocas da Cunha, no seu discurso.

Com 20 anos de experiência autárquica, os últimos 14 dos quais como presidente da junta de freguesia de Constância, João Carlos Baião da Silva, funcionário público, sempre eleito nas listas da CDU na qualidade de independente [e que não se pode recandidatar a um novo mandato por força da lei de limitação dos mesmos], disse que é “por não se rever na atual gestão CDU” que surgiu um movimento popular que decidiu apresentar “ideias próprias para um novo rumo e um novo caminho”.

“Pensamos que este será apenas o início de algo mais importante para Constância e para as suas gentes: novos protagonistas, pessoas desinteressadas das querelas partidárias, mas com muita vontade e convicção de que serão uma solução muito válida para o concelho e para o território”, afirmou, o seu discurso.

“O MIC é um projeto pensado e consolidado (…) com muita gente que acredita que é possível assumir um rumo diferente, uma nova visão para o concelho, uma nova abordagem junto das pessoas, com as pessoas e para as pessoas, uma nova forma de trabalho de proximidade indo de encontro às expetativas e necessidades das pessoas individuais e coletivas”, defendeu, tendo destacado as áreas do ambiente, acessibilidades, património, turismo, empreendedorismo, educação e cidadania, saúde e cultura.


Da esquerda para a direita: Carmen Silva, candidata à Assembleia Municipal, João Baião, candidato à Câmara Municipal, Artur Cunha, mandatário do MIC, Manuel Valério, candidato à Assembleia de Freguesia de Santa Margarida da Coutada, Carlos Lopes candidato à Assembleia de Freguesia de Montalvo e Lídia Mateus candidata à Assembleia de Freguesia de Constância.

João Carlos Baião é o candidato à Câmara de Constância pelo MIC nas eleições autárquicas de 1 de outubro, sendo secundado por Vitor Reis Lopes, 50 anos, técnico operacional de exploração, e Maria Inês Nogueira, 39 anos, promotora de vendas, nos lugares imediatos da lista.

À Assembleia Municipal concorre Carmen Dolores Silva, 43 anos, médica, sendo o mandatário/procurador Artur Barrocas da Cunha, 81 anos, militar aposentado.

Manuel Guterres Valério, 61 anos, militar aposentado, Carlos Sousa Lopes, 58 anos, militar aposentado, e Lídia Carvalho Santos, 48 anos, oficial de justiça, são os candidatos às Assembleias de Freguesia de Santa Margarida da Coutada, Montalvo e Constância, respetivamente.

Constância l João Baião lidera lista de Independentes (MIC) a Câmara Municipal

Publicado por mediotejo.net em Domingo, 25 de Junho de 2017

A Câmara Municipal de Constância é gerida pela CDU, que venceu as autárquicas de 2013 com 45,57% dos votos (1.080 votos), a que corresponderam três eleitos, detendo o PS dois vereadores (37,97%), decorrentes dos 900 votos obtidos do total dos 2370 votantes.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here