Constância | Serviços do Município reabrem gradualmente a partir de dia 11

Câmara de Constância. Foto: José Gaio/mediotejo.net

A Câmara Municipal de Constância reabre gradualmente os serviços municipais a partir de segunda-feira, dia 11 de maio, ação integrada na estratégia de levantamento de confinamento no âmbito do combate à propagação da doença de covid-19. Começam por reabrir o Atendimento presencial, a Tesouraria, a Biblioteca Municipal e o Arquivo, todos com normas de funcionamento.

PUB

PUB

É obrigatório o uso de máscara no acesso aos mesmos, devendo proceder-se a medidas de prevenção como a desinfeção à entrada do serviço, o respeito pelos circuitos estabelecidos e o distanciamento de segurança.

A autarquia refere que os serviços em causa irão reabrir com horários e normas funcionamento específicos. No caso do atendimento presencial, será efetuado mediante prévio agendamento, das 9h00 às 15h00. A Tesouraria funcionará das 9h00 às 13h00, também com prévio agendamento.

PUB

A Biblioteca Municipal vai estar a funcionar das 9h00 às 14h00 e o Arquivo Municipal das 9h00 às 15h00.

As normas para o acesso ao Atendimento presencial e à Tesouraria serão as seguintes: o atendimento presencial apenas ocorrerá mediante prévia marcação através dos contactos do Município disponíveis em www.cm-constancia.pt , nas redes sociais e no Boletim Informativo Municipal; o acesso aos Paços do Município será efetuado pela entrada da rua da Cinza.

Já no que toca ao acesso à Biblioteca Municipal, as normas são: a presença no espaço de leitura e de consulta estará interdita presencialmente para segurança de todos; a requisição de livros, cd’s e dvd’s deverá ser feita, mediante consulta do catálogo online e requisição por email, procedendo-se ao levantamento de segunda a sexta-feira no horário compreendido entre as 9h00 e as 14h00 junto do balcão de atendimento; só poderá permanecer junto ao balcão de atendimento um utente de cada vez. Em caso de espera deverão os utentes permanecer no exterior da biblioteca respeitando as distâncias mínimas de segurança.

Por questões de segurança, os livros e material multimédia deverão cumprir um período de quarentena em sacos hermeticamente fechados, não podendo ser requisitados por outro utente por um período mínimo de cinco dias.

Quanto ao Arquivo Municipal, será necessário cumprir os seguintes procedimentos: a permanência no Arquivo Municipal deverá estar restringida a um utente de cada vez, e apenas ocorrerá mediante prévia marcação através dos contactos do Município disponíveis em www.cm-constancia.pt, e nos casos onde não seja possível a disponibilização de documentos em suporte digital; para acesso a documentos, nos casos onde não seja possível a disponibilização de documentos em suporte digital, deverá o utente indicar juntamente com a prévia marcação, uma requisição de consulta, indicando o(s) documento(s) para consulta, ou para digitalização.

Também aqui, por questões de segurança, os documentos deverão cumprir um período de quarentena em sacos hermeticamente fechados, não podendo ser consultados por outro utente por um período mínimo de cinco dias.

O Município reforça que as demais medidas tomadas na sequência da pandemia mantêm-se inalteradas até novas orientações legislativas.

PUB
APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser), através do IBAN PT50001800034049703402024 (conta da Médio Tejo Edições) ou usar o MB Way, com o telefone 962 393 324.

PUB
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here