Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Protocolo com Tupperware reforça Banco Local de Voluntariado

A assinatura de um protocolo de colaboração entre o município e a Tupperware permitiu o reforço do Banco Local de Voluntariado (BLV) de Constância com quatro colaboradores da empresa. Os novos voluntários juntam-se aos nove munícipes que constituem a equipa e darão apoio na Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill, no Pavilhão Desportivo Municipal, na Associação Os Quatro Cantos do Cisne e na Associação Popular e Social de Constância/Universidade Sénior.

- Publicidade -

O protocolo assinado entre a Câmara Municipal de Constância e a Tupperware, cuja fábrica e armazém se localizam em Montalvo, reforçou a equipa de nove pessoas do Banco Local de Voluntariado (BLV) de Constância, criado em 2015, com quatro colaboradores daquela empresa.

A autarquia refere, em comunicado, que esta ação resulta da relevância do voluntariado “no desenvolvimento sustentável de uma comunidade, podendo, inclusivamente, contribuir para a obtenção de competências diversas, aquisição de saberes e alargamento da rede de conhecimentos do voluntário” e indica os equipamentos municipais e as associações locais que beneficiam da integração dos novos voluntários.

- Publicidade -

Na Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill o apoio está associado à atividade “Ler aqui, ali e por aí”, que promove a leitura junto das crianças, e no Pavilhão Desportivo Municipal incide na atividade “A pé para a Escola”, criada com o objetivo de potenciar, entre outros, a interação comunitária intergeracional e o contacto direto com o património natural.

As entidades locais abrangidas por este reforço são a Associação Os Quatro Cantos do Cisne e a Associação Popular e Social de Constância/Universidade Sénior. A primeira tem apoio nos ateliers de artes marciais direcionados para as crianças beneficiárias do Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL) e a segunda através da lecionação de diversas disciplinas.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome