Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Outubro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Projeto de solidariedade “Sorriso entre Letras” regressa em modo presencial

Envolvidos num ambiente de voluntariado, partilha e solidariedade, as agulhas voltaram ao movimento frenético do croché, com a retoma das sessões presenciais do projeto “Sorriso entre Letras”, em Montalvo e em Santa Margarida.

- Publicidade -

Depois da suspensão da atividade presencial em consequência do contexto pandémico da Covid-19, estão de regresso os encontros do deste projeto que tem como objetivo a produção de peças em croché para doar às crianças hospitalizadas em serviços oncológicos.

O “Sorrisos entre Letras”, dinamizado pela Câmara Municipal de Constância, através da Biblioteca Municipal, e pelas Juntas de Freguesia de Santa Margarida da Coutada e de Montalvo, retomou nestes dias a sua rotina, mediante o cumprimento das normas de segurança da Direção-Geral da Saúde, estando a funcionar quinzenalmente entre as 14h00 e as 17h00 no edifício da antiga Escola Adães Bermudes, em Montalvo, e no Salão da Casa do Povo da Aldeia, em Santa Margarida.

- Publicidade -

Com início em 2019, o projeto “Sorriso entre Letras” já produziu centenas de trabalhos que foram entregues ao IPO – Instituto Português de Oncologia de Lisboa. O projeto visa criar uma atividade regular com voluntários residentes ou não nas freguesias, para confecionarem brinquedos, bonecos, cachecóis, gorros, entre outros, em croché ou lã, peças que se destinam a oferecer a crianças que estejam internadas em serviços oncológicos.

Os interessados podem aderir ao projeto através das Juntas de Freguesia de Montalvo e Santa Margarida, bem como da Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill. A orientação a novos membros e os materiais necessários para a elaboração das peças são fornecidas pela Câmara e Juntas de Freguesia.

Imagem: CMC

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome