Constância | Projeto da Biblioteca Municipal incentiva à leitura desde tenra idade

“Semear Leituras: Criar Leitores”, assim se chama o novo projeto da Biblioteca Municipal Alexandre O’Neill (BMAO) e da Câmara Municipal de Constância para incentivar à leitura e ao convívio com os livros desde pequena idade. O projeto nasceu de um protocolo coma Creche “Os Pequenos Poetas” da Santa Casa da Misericórdia de Constância, aprovado em reunião de Câmara de 8 de outubro. O objetivo é “estimular o contato com a leitura e com a escrita desde a primeira infância, sendo a BMAO facilitadora junto das educadoras”.

PUB

Segundo informação da autarquia, o projeto terá dois vetores de aplicação, sendo que o primeiro “consiste no apoio ao trabalho diário das educadoras com as crianças, através da cedência, por empréstimo por parte da Biblioteca, de um conjunto de livros de literatura infantil, DVDs e CDs adequados às diversas faixas etárias existentes na creche, que serão renovados trimestralmente”.

Os títulos serão selecionados num “processo conjunto entre técnicos da Biblioteca e as educadoras da instituição”.

PUB

A segunda parte do projeto materializa-se com a ” criação de atividades pela Biblioteca Municipal para o contexto específico da creche”, sendo que ainda estão a ser pensadas de acordo com as restrições derivadas da pandemia. De qualquer modo este será mais um trabalho que será implementado em conjunto entre as duas entidades.

A Câmara Municipal de Constância e a Biblioteca Municipal apostam neste projeto de estímulo à proximidade com a leitura, os livros e a escrita, “acreditando que esta relação é essencial para o desenvolvimento da criança”.

PUB

Deste modo, “a literatura infantil surge como uma ferramenta que pode auxiliar tanto no processo de alfabetização como no estímulo à imaginação da criança formando futuros leitores”, conclui a mesma informação.

PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).