Quarta-feira, Março 3, 2021
- Publicidade -

Constância: Poluição do Tejo foi tema na reunião de Câmara

A questão da poluição do rio Tejo esteve em discussão na última reunião de Câmara de Constância onde o vereador António Mendes (PS) disse que a autarquia (de maioria CDU) se deveria manifestar sobre este assunto junto do Governo.

- Publicidade -

Na sua intervenção durante o período antes da ordem do dia da reunião de Câmara de Constância, que se realizou esta quinta-feira, dia 14, António Mendes (PS) começou por fazer referência “à luta que tem sido travada por diversas entidades sobre a poluição no Tejo”. O vereador salientou que “a poluição do Tejo afeta o turismo no concelho” e apelou a que a autarquia se manifeste e proteste sobre esta questão junto do Governo.

“A cada dia que passa, os problemas do Tejo estão cada vez piores”, lamentou António Mendes.

- Publicidade -

Júlia Amorim (CDU), presidente da Câmara Municipal de Constância, respondeu a António Mendes dizendo que subscreve as preocupações do vereador do PS e que “já manifestámos a nossa preocupação a quem de direito”.

A autarca salientou que a Câmara tem tido reuniões com a Caima, empresa sediada no concelho, sobre a poluição do Tejo e que “os parâmetros da água do rio, medidas pela Caima, que revelam essa poluição, encarecem a produção porque a água utilizada tem de ter qualidade”.

“A Caima paga muitos milhares de euros por utilizar a água do rio e se paga, tem de utilizar água com qualidade”, referiu Júlia Amorim salientando mais uma vez que a autarquia já manifestou estas preocupações junto das entidades competentes.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).