Quarta-feira, Março 3, 2021
- Publicidade -

Constância: Olga Antunes toma posse como diretora do Agrupamento de Escolas

Olga Antunes assumiu oficialmente o cargo de diretora do Agrupamento de Escolas de Constância esta quarta-feira, dia 28, na Escola Básica e Secundária Luís de Camões. A tomada de posse decorreu durante a primeira reunião do Conselho Geral no ano letivo 2016/17 e entre as diversas individualidades presentes estiveram os pais da educadora de infância que considera a nova função como um “desafio diário”.

- Publicidade -

Olga Antunes tomou posse como diretora do Agrupamento de Escolas de Constância na primeira reunião do Conselho Geral no ano letivo 2016/17. A antiga professora do Jardim de Infância de Montalvo e sub-diretora do agrupamento integra a comunidade escolar do concelho desde 1989 e assume o novo cargo no seguimento do destacamento de Anabela Grácio, ex-diretora do agrupamento, pela Comissão Europeia para a unidade das Escolas Europeias no passado mês de maio.

A cerimónia desta quarta-feira oficializou a eleição de Olga Antunes por unanimidade do Conselho Geral no passado dia 18 de julho, um “sentido de voto” que esta disse encarar como “uma responsabilidade acrescida” no discurso de tomada de posse. A nova diretora comprometeu-se a continuar a trabalhar no sentido de tornar “o agrupamento numa escola apostada na formação integral dos alunos”, onde predominem “um bom clima de ensino e de aprendizagem, rigor, exigência e disciplina e respeito”.

- Publicidade -

O momento da tomada de posse com os pais de Olga Antunes na primeira fila. Fotos: mediotejo.net
O momento da tomada de posse com os pais de Olga Antunes na primeira fila. Fotos: mediotejo.net

Perante a plateia composta pelos pais, na primeira fila, diversos representantes da comunidade escolar e entidades locais e regionais, foi assumido o compromisso de “continuar a fazer do Agrupamento de Escolas de Constância um espaço de transformação, inclusão, moralidade e democracia, adotando uma visão estratégica que inclui a abertura à mudança e à inovação”. Objetivo que Olga Antunes se propõe atingir com o apoio da subdiretora Cláudia Gomes e das adjuntas Maria José Pereira, Maria Domingos e Susana Neves.

A sessão contou com a intervenções de Celestina Gomes, presidente do Conselho Geral, Maria Luísa Oliveira, diretora-geral da Administração Geral, e Júlia Amorim, presidente da Câmara Municipal de Constância. A primeira destacou o espírito entusiasta e empreendedor da nova diretora, que será “o rosto, o pilar, a chefe e a líder” do agrupamento no quadriénio 2016-2020. Facto que Maria Luísa Oliveira considerou “uma segurança para toda a comunidade educativa”.

Celestina Gomes, Maria Luísa Oliveira, Júlia Amorim e os elementos da Direção do agrupamento. Fotos: mediotejo.net
Celestina Gomes, Maria Luísa Oliveira, Júlia Amorim e os elementos da direção do agrupamento. Fotos: mediotejo.net

Júlia Amorim encerrou os discursos destacando o trabalho conjunto realizado pelo município e o agrupamento desde a década de 90 do século passado que permitiu “trilhar um caminho” em prol do “sucesso no percurso de aprendizagem dos alunos”. A autarca não deixou de fazer referência ao ano letivo de 2016/17 como “Ano de Camões”, que abrange as comemorações dos 25 anos da escola sede do agrupamento e os 40 anos da Associação Casa-Memória de Camões.

Poucos minutos depois da tomada de posse – no decorrer do buffet preparado pelos alunos do 11º ano de cozinha e Pastelaria e 12º ano de Restaurante e Bar – Olga Antunes confirmou ao mediotejo.net que o novo cargo representa um “desafio diário”. Para a nova responsável escolar, as mudanças da sociedade tornam “desafiante ter este papel na educação”, referindo que o sucesso académico dos alunos é importante, mas “é prioritário que eles sejam cidadãos completos”.

A sessão realizada na na Escola Básica e Secundária Luís de Camões teve a presença do Conselho Geral e um buffet preparado por alunos. Fotos: mediotejo.net
A sessão realizada na Escola Básica e Secundária Luís de Camões teve a presença do Conselho Geral e um buffet preparado por alunos. Fotos: mediotejo.net

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).