- Publicidade -

Constância | Obras do cineteatro deverão estar concluídas até final de abril

O presidente da CM Constância, Sérgio Oliveira (PS), fez um ponto de situação ao mediotejo.net quanto às obras a decorrer e às empreitadas previstas a realizar no concelho, começando por referir que o Cineteatro se encontra na fase final de requalificação e que o mesmo deverá ser devolvido à comunidade após o mês de abril. Também a obra da estrada militar mereceu comentário ao autarca, referindo que está dentro dos timings e que até final de março deverá estar finalizada. Já a rotunda na entrada da vila e o Jardim público Dr. Luís Soares Dias em Montalvo estão concluídos, e a inauguração do jardim acontece no dia 22 de fevereiro.

- Publicidade -

Questionado sobre o Cineteatro da vila Poema, Sérgio Oliveira garantiu que “a nível do interior está praticamente concluído” sendo que “estão a ser impermeabilizados os terraços do exterior, ao que se segue a pintura do edifício”.

Sérgio Oliveira espera que “no final de abril o edifício esteja totalmente requalificado”.

- Publicidade -

A obra teve um orçamento na ordem dos 150 mil euros, e as intervenções centraram-se não só na requalificação, como na modernização, incluindo “caixilharias, tetos falsos, chão e cadeiras, alcatifas, sanitários para pessoas portadoras de deficiência, sonorização e pintura interior e exterior”.

Em termos internos e funcionais, pretendeu-se “dar cumprimento à legislação em vigor respeitante às acessibilidades e demais melhoramentos relativos à segurança contra incêndios em edifícios, controlo acústico, revestimentos e requalificação espacial das áreas de apoio ao palco e acesso do público”, esclareceu o autarca na altura da publicação do concurso em Diário da República.

Com capacidade para cerca de 100 pessoas e depois desta requalificação do Cineteatro Municipal de Constância vai “permitir rentabilizar e colocar o equipamento ao serviço da comunidade, na sua plenitude, com atividades que vão do cinema ao teatro, aos concertos e outras atividades”, adiantou Sérgio Oliveira.

Fazendo uma abordagem às restantes obras, o presidente da Câmara constanciense destacou a conclusão da rotunda temática na entrada da vila, vindo de Montalvo, e o Jardim público Dr. Luís Soares, em Montalvo, – cuja inauguração decorrerá a 22 de fevereiro.

Sérgio Oliveira recordou ainda que já foi lançado o concurso público para a requalificação da zona ribeirinha do Zêzere (zona 1 e zona 2), uma obra que está orçada em 350 mil euros e que prevê a requalificação e substituição de pavimento, mobiliário urbano e outros equipamentos ali presentes, caso dos campos de ténis, bem como melhoria dos acessos, incluindo rampas para pessoas com mobilidade reduzida. Também o parque de estacionamento sofrerá intervenção, mas esta teve de ser antecipada devido aos danos causados pela tempestade Elsa em dezembro de 2019, contando a autarquia ter esse espaço pronto para a altura das festas de Constância, em abril.

O anúncio da requalificação do Espaço Público e Equipamentos de Utilização Coletiva na margem do Zêzere (Zona 1) e Requalificação da Frente Ribeirinha (Zona 2) foi publicado em Diário da República a 31 de janeiro, estando a decorrer o prazo de apresentação de propostas nos 21 dias a contar da data da publicação. O  prazo de execução indicado é de 210 dias para a realização da empreitada.

Estrada Militar deverá ser reaberta em março após obras nos taludes

A obra, conduzida pela Brigada Mecanizada em conjunto com a Engenharia Militar, consta de uma intervenção que visa suster as terras e rochas num dos taludes que ladeiam a estrada militar, por forma a evitar derrocadas para a via. Foto: mediotejo.net

A estrada militar, cuja obra arrancou por três meses e sob a alçada da Engenharia Militar e que tem condicionado o trânsito naquela via, deverá ver esta intervenção concluída dentro do tempo previsto, conforme referiu Sérgio Oliveira.

O presidente da CM Constância disse que se está “a cumprir os timings” e que quer acreditar que “conforme estava planificado, durante o mês de março será reaberta”.

Recorde-se que a intervenção naquele troço da estrada, na freguesia de Santa Margarida da Coutada, visa suster as terras e rochas num dos taludes que ladeiam a estrada militar, por forma a evitar derrocadas para a via, algo que já era frequente e reivindicado pela comunidade e junta de freguesia.

Por outro lado, a autarquia pretende avançar com obra na Estrada Militar, dentro do perímetro urbano de Malpique, no âmbito de protocolo celebrado entre a CM Constância e o Exército, nomeadamente através da Brigada Mecanizada.

“Tal permite intervencionar uma zona de bermas de estrada que estão atualmente em terra batida, e sempre assim estiveram. Esta intervenção serve para melhorar a qualidade dos acessos e a própria qualidade de vida das pessoas que moram junto à Estrada militar”, indicou o edil.

“Nesta fase notificámos todos os proprietários que confinam com a estrada militar e onde vai ser realizada a intervenção, dando conta do que queremos fazer e concedendo um prazo de 10 dias para se pronunciarem sobre o projeto. Assim que se pronunciem, vamos desencadear essa intervenção”, terminou.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -