Constância | Montalvo espera o maior Carnaval de sempre

João Monteiro foi o último presidente da JICA, associação organizadora dos festejos carvalescos 2018 em Montalvo (Foto: mediotejo.net)

Estão confirmados 10 grupos de foliões para o Carnaval em Montalvo, naquele que se prevê ser o maior Carnaval de sempre nesta localidade do concelho de Constância. Pelo menos é essa a expectativa de João Monteiro, presidente da Associação JICA – Juventude Inovadora Com Atitude, que anualmente organiza os festejos carnavalescos.

PUB

Pelas suas contas vão ser cerca de 300 pessoas a desfilar no corso e largas centenas a assistir, assim S. Pedro deixe. Aliás, é a possibilidade de chuva que mais faz temer a organização, se bem que as previsões meteorológicas mais recentes não sejam tão ameaçadoras.

Nas tardes de domingo e terça feira, 11 e 13 de fevereiro, a partir das 15.30 horas, os grupos de foliões, a banda filarmónica de Montalvo e alguns carros alegóricos saem da Quinta de D. Maria e percorrem a rua Annes de Oliveira (a principal artéria que atravessa toda a localidade) passando também pela rua da Cantina.

PUB
Todos os anos centenas de pessoas assistem ao corso (Foto: DR)

João Monteiro aponta para um orçamento na ordem dos mil euros, sendo os gratificados à GNR uma das maiores despesas. Para cobrir as despesas, a JICA conta com os apoios da Câmara, da Junta de Freguesia e de algumas empresas e instituições, seja em termos financeiros, em termos logísticos ou na simples cedência de instalações.

Nesta altura, a poucos dias do Carnaval, os participantes normalmente juntam-se à noite ou ao fim de semana para trabalharem nos preparativos dos fatos, dos adereços e da ornamentação dos carros alegóricos.

PUB

A reportagem não se revela fácil porque há segredos a guardar até ao dia do corso e fotografar os bastidores é tarefa difícil.

Como forma de incentivo e de apoio na cobertura das despesas, este ano a organização atribuiu 50 euros a cada grupo de participantes. Outra novidade é a atribuição de três prémios em três diferentes categorias para quem participa no corso: empenho e criatividade, maior grupo e o mais ecológico.

Ao longo do corso são disponibilizadas águas a todos os participantes e no final da festa, é oferecido um lanche.

A organização tenta envolver outras associações e até de concelhos vizinhos. Por exemplo este ano participa a associação de Martinchel, já no concelho de Abrantes. Também as escolas têm uma participação ativa. Está previsto um grupo com cerca de uma centena de alunos e pais.

O Presidente da Associação reconhece que o ideal seria terem um pavilhão grande onde todos pudessem trabalhar e até para guardar o material de um ano para o outro. Aliás, ainda pensaram em alugar um espaço na zona industrial de Montalvo mas o preço de aluguer por pucos dias era incomportável.

“Muita animação, muitos risos, num corso onde impera o gosto de participar” é a expectativa para os corsos de domingo e terça, onde se espera “uma grande multidão” a assistir.

Além do corso, há animação com música ao vivo nos dias 10 e 12 de fevereiro a partir das 22.30 horas, na Casa do Povo de Montalvo.

JICA – Uma Associação de jovens para todos

A JICA – Juventude Inovadora Com Atitude é uma associação juvenil criada em Montalvo em meados de 2004 e legalizada em 2005. Com altos e baixos, manteve-se em funcionamento sendo a fase mais crítica quando deixaram de ter sede. Entretanto, a Casa do Povo de Montalvo cedeu um espaço provisório que tem servido de sede temporariamente. Há perspetivas de ser cedida uma antiga escola primária pelo Município, assim que entrar em funcionamento o novo Centro Escolar de Montalvo

Na Direção, segundo os estatutos, não pode haver mais do que dois elementos com mais de 30 anos. Atualmente, aliás, apenas um elemento da Direção tem mais de 30 anos.

Todos os anos, a JICA participa nas festas de Nª Srª da Boa Viagem com a animação noturna e o espaço jovem. Em anos anteriores tem participado também com tasquinhas e quiosques.

João Monteiro é presidente da Associação há dois anos, diz que cresceu na JICA e faz questão de realçar o bom trabalho feito pelas gerações anteriores.

“Divertir os outros, um dos modos mais emocionantes de existir”, uma frase de Clarice Lispector, é o mote que inspira esta associação.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here