Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Julho 31, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância: Misericórdia inaugurou novo espaço exterior

Chama-se Vida Ativa e é o novo espaço exterior da Santa Casa da Misericórdia de Constância que foi inaugurado ao final da manhã desta segunda-feira, dia 28 de março, Dia do Concelho, numa cerimónia que contou com as presenças da Secretária de Estado para a Igualdade e Cidadania, Catarina Marcelino, do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Pedro Santana Lopes, e do presidente da União das Misericórdias Portuguesas, Manuel de Lemos.

- Publicidade -

Avaliadas em cerca de 37 mil euros, as obras de requalificação do espaço exterior do Lar de S. João, da Santa Casa da Misericórdia de Constância, dotaram o local com melhores condições para os utentes com a criação de dois alpendres, a colocação de um novo pavimento que permite a acessibilidade de todos e de um mobiliário moderno tornando o espaço acolhedor para encontros intergeracionais.

“Deus quer, o Homem sonha e a Obra nasce”. Foi com esta frase de Fernando Pessoa que a cerimónia de inauguração do novo espaço Vida Ativa da Santa Casa da Misericórdia de Constância teve início.

- Publicidade -

Pedro Santana Lopes, Manuel de Lemos, Catarina Marcelino e Júlia Amorim descerraram a placa alusiva à inauguração do novo espaço de convívio e lazer.

Constancia_inaug Vida Ativa2 (Foto: mediotejo.net)
António Paulo Teixeira, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Constância (Foto: mediotejo.net)

Na ocasião, António Paulo Teixeira, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Constância, salientou que “há muito que esta secular Instituição necessitava de um espaço onde fosse possível promover o profícuo convívio disfrutando do espaço exterior deste edifício que é património do concelho de Constância” que agora foi conseguido através do Fundo Rainha D. Leonor, criado em 2014 pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa em parceria com a União das Misericórdias Portuguesas, ao qual Constância se candidatou e conseguiu verba para avançar com as obras de requalificação do único espaço exterior do edifício sede da Santa Casa da Misericórdia de Constância.

António Paulo Teixeira, para além de agradecer ao Fundo Rainha D. Leonor pela concretização deste projeto, agradeceu ainda ao Gabinete de Arquitetura Raul Reis e à empresa J. J Reis, responsáveis pelo projeto e conceção da obra, bem como aos funcionários da Instituição que deixaram a família para “se dedicarem de corpo e alma a esta obra da nossa Santa Casa”.

O Provedor da Misericórdia de Constância referiu ainda que este projeto “não é só uma obra física, tem também uma componente imaterial para a qual adquirimos alguns equipamentos, nomeadamente audiovisuais, que nos vão permitir fazer mais e melhor pelos nossos utentes, levando sempre o lema da Instituição: Tudo em seu benefício, nada contra os seus interesses”, deixando o convite à população de Constância para usufruírem deste espaço e partilharem momentos com os idosos do Lar.

Júlia Amorim, presidente da Câmara de Constância, felicitou a Santa Casa da Misericórdia de Constância por este novo espaço melhorado para os utentes e o esforço do Provedor da Instituição que tem feita a Santa Casa da Misericórdia crescer e respondendo às necessidades que as famílias têm.

constancia_inaug Vida Ativa_PSL3 (Foto: mediotejo.net)
À chegada ao Lar de S. João, Pedro Santana Lopes, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, cumprimentou os utentes presentes dizendo que “as pessoas mais importantes estão aqui” (Foto: mediotejo.net)

Pedro Santana Lopes, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, salientou que fez questão de estar presente na inauguração desta obra, que foi aprovada pelo Fundo Rainha D. Leonor, e que “corresponde à filosofia com que este Fundo foi criado há cerca de dois anos para acorrer à “última pedra”, ou seja, uma obra que estivesse pensada, concebida, lançada, desenvolvida, esse Fundo ajudar para o pouco que faltava”.

“Aqui o volume financeiro é pequeno, cerca de 37 mil euros, e saiu uma obra tão bonita e útil e esta é a filosofia com que o Fundo nasceu”, referiu Pedro Santana Lopes garantindo que este Fundo Rainha D. Leonor vai continuar a apoiar projetos sociais.

O Fundo Rainha D. Leonor apoia projetos sociais das Misericórdias de todo o país com verbas provenientes de receitas dos jogos da SCML.

CONSTANCIA_INAUG VIDA ATIVA_ESPAÇO2 (Foto: mediotejo.net)
Espaço exterior do Lar de Constância com dois novos alpendres e mobiliário moderno (Foto: mediotejo.net)

Manuel de Lemos, presidente da União das Misericórdias Portuguesas, referiu que o Fundo Rainha D. Leonor “tem sido fundamental para ajudar as pessoas nas suas comunidades” e salientou que “todo o trabalho que estamos a fazer faz sentido, que é ajudar os nossos idosos a terem uma maior dignidade”.

Por sua vez, Catarina Marcelino, Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, reforçou a importância da rede de equipamentos sociais “que existe por todo o país com esta parceria entre as Misericórdias e o Estado” e destacou a existência do Fundo Rainha D. Leonor em que a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa disponibiliza parte das suas verbas dos jogos para apoiar projetos por todo o país.

“É muito importante do ponto de vista da economia porque permite, com pequenas obras, alavancar o setor da construção civil que também se encontra em crise”, concluiu Catarina Marcelino.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome