Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Misericórdia homenageia funcionários pela “dedicação e perseverança” em tempos de pandemia

A Santa Casa da Misericórdia de Constância vai homenagear os funcionários e entidades particulares que com a instituição colaboram, num gesto de reconhecimento pelo “esforço, dedicação e perseverança” com que têm exercido o seu trabalho nos “momentos muito difíceis” face à situação de pandemia de Covid-19.

- Publicidade -

Em comunicado enviado à redação do mediotejo.net, o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Constância, António Paulo Teixeira, refere os momentos de dificuldade vividos na instituição nos últimos meses devido à Covid-19.

“Nos últimos meses vivemos momentos muito difíceis na nossa Instituição face à atual situação de pandemia provocada pelo coronavírus. Fomos assolados por um inimigo invisível que nos trouxe medos, receios, dúvidas e muita angústia”, lê-se na nota, que refere também que utentes e funcionários “têm-se mantido a salvo e em segurança”.

- Publicidade -

Neste âmbito, o provedor destaca o “esforço, dedicação e perseverança” de todos os funcionários, entidades e particulares que colaboram com a instituição, o que tem permitido “que nos possamos orgulhar dos resultados da Santa Casa”. Mas “vencer uma batalha” não significa que se tenha ganhado “a guerra”, observa o provedor.

No sentido de homenagear o apoio e trabalho dos diversos profissionais, a Santa Casa decidiu prestar uma “singela homenagem” àqueles que colaboram com a instituição na atual situação de pandemia.

A cerimónia vai decorrer esta quinta-feira, 1 de outubro, no espaço exterior do edifício sede da Santa Casa da Misericórdia, no Largo do Olival, em Constância, na data em que se assinala também o Dia do Idoso.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome