- Publicidade -
Sábado, Dezembro 4, 2021
- Publicidade -

Constância | Leite doado ao Município que foi para o lixo gera críticas por parte da oposição

O Município de Constância recebeu uma doação de 57 paletes de leites por parte da empresa LacAçores que foram distribuídos pelas IPSS do concelho. Devido ao curto prazo de validade, a autarquia partilhou a doação com concelhos vizinhos mas mesmo assim sobraram 13 paletes, que representam cerca de 10 mil litros, cujo destino final foi o lixo. Em reação, a CDU critica a gestão da doação por parte da autarquia e diz que o desperdício do leite em causa é “um crime que não pode ficar impune”.

- Publicidade -

Foram 57 paletes transportadas em dois camiões que chegaram a Constância, numa doação de leite por parte da empresa LacAçores – União das Cooperativas de Lacticínios dos Açores, UCRL e que a autarquia divulgou a 29 de abril que iria distribuir pelas IPSS do concelho, nomeadamente pelos Bombeiros, Irmãs Clarissas e Loja Social, e também por funcionários da autarquia.

Tendo em conta o prazo de validade curto, conforme refere o presidente da Câmara Municipal, Sérgio Oliveira, durante as duas semanas do processo de distribuição foram também cedidas paletes de leite a concelhos vizinhos, como foi o caso da Chamusca, evitando a ida para o lixo de 44 paletes. Mesmo assim, sobraram 13 paletes cujo destino final foi o desperdício.

- Publicidade -

Perante tal situação, a CDU Constância critica a gestão da autarquia quanto ao leite recebido, tendo a vereadora Júlia Amorim apontado em reunião de Câmara a 20 de maio a existência de dúvidas quanto à “boa condução e gestão do processo, com leite a estragar-se”.

Mais recentemente, em publicação nas redes sociais, a CDU reforçou a crítica dizendo que “deixar estragar quase 10.000 litros de leite é um crime que não pode ficar impune”.

Leite recebido pelo Município de Constância. Foto: CMC

“Há cerca de dois meses a Câmara Municipal de Constância recebeu em donativo a quantia de quase 60.000 litros de leite, cujo prazo de validade terminou no passado dia 16 de Maio, para distribuir pelas Instituições de forma a evitar o seu desperdício. Dada a elevada quantidade optou o Município, e bem, por alargar a distribuição a outras Instituições de concelhos limítrofes, sem contudo conseguir fazer todo o escoamento”, começa por dar conta a nota da CDU Constância que imediatamente defende ser “inacreditável que, tratando-se de um bem essencial, não se tenha programado de imediato a distribuição total desta oferta, mesmo que para isso tivesse sido necessário alargar a outros concelhos”.

Reiterando a “falta de planeamento e de ação por parte do executivo municipal”, a CDU aponta a “possibilidade de troca deste leite, por outro com prazo mais dilatado, que poderia ter sido feito por exemplo com o Campo Militar, que recebeu centenas de militares num exercício recente”. “Teria sido uma opção inteligente que evitaria o encaminhamento deste bem para o lixo”, acrescentam.

“Apenas o desleixo, a incompetência e insensibilidade podem justificar tão insólito desfecho de cerca de 10.000 litros de leite”, termina o comunicado.

Também nas redes sociais, o presidente da Câmara Municipal de Constância reagiu a este assunto, referindo que “tudo serve de arma de arremesso político” e dizendo ter “a consciência tranquila”.

“Assumo isto com a frontalidade de quem está na vida pública com transparência”, disse.

“Quanto à razão por não o ter aberto a toda a população é simples. Em ano de eleições autárquicas, seria imediatamente acusado de estar a fazer campanha eleitoral através da oferta de packs de leite. Mas agora como sobrou leite, vou ser acusado disto e daquilo. Como diz o nosso povo, ‘preso por ter cão e preso por não ter’”, concluiu o autarca.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome