- Publicidade -

Constância | Lar de Santa Margarida com 14 utentes infetados e dois óbitos por covid-19 (c/áudio)

O Lar de Santa Margarida, na freguesia de Santa Margarida da Coutada, em Constância, tem 14 casos ativos de infeção por Covid-19 em utentes. Há também a registar dois óbitos resultantes deste surto, ambos idosos na casa dos 80 anos, um natural do concelho e outro que “estava a preencher uma vaga vinda da Segurança Social”, conforme disse ao mediotejo.net o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Constância. Além dos utentes, há ainda registo de cinco funcionários positivos ao vírus da SARS-CoV-2.

- Publicidade -

Ao mediotejo.net, esta quarta-feira, o provedor da Santa Casa da Misericórdia, António Teixeira, atualizou a informação relativamente à situação no Lar de Santa Margarida, na freguesia de Santa Margarida da Coutada, em Constância, tendo confirmado que deste surto há registo de dois óbitos (e não de um, como avançado anteriormente).

A par do falecimento de um utente de Lamarosa “que estava a preencher uma vaga vinda da Segurança Social, não era do concelho”, e que faleceu no hospital a 17 de janeiro, o provedor deu também conta do falecimento de outro idoso, natural de Malpique, em Constância (cujo funeral ocorreu a 9 de janeiro).

- Publicidade -

Com 14 dos 36 utentes do Lar de Santa Margarida atualmente positivos à Covid-19, nesta instituição há ainda a registar cinco funcionários que se encontram infetados, avançou o provedor ao mediotejo.net esta quarta-feira. São assim no total 19 os infetados no Lar de Santa Margarida da Coutada.

Houve ainda o caso de um colaborador que testou positivo mas que, na sequência da realização de um segundo teste por existência de dúvidas, testou negativo. O colaborador em causa foi um dos funcionários que testou positivo à Covid-19 em outubro do ano passado, quando surgiu o primeiro surto nos Lares da Santa Casa da Misericórdia que afetou seis funcionários.

“Estamos a tentar dentro do possível dar assistência numa ala que destinámos para os casos positivos dos nossos utentes e dentro do possível estamos a tentar minimizar este problema”, disse na terça-feira o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Constância.

Atualmente, o ambiente vivido na Santa Casa é de “preocupação e inquietação, por estarmos a passar esta situação. Não é fácil mas desde que haja ânimo e vontade, tentamos superar da melhor maneira mas a preocupação é constante”, admite o provedor.

António Teixeira deu conta também de que no Lar de São João, em Constância, a situação está mais tranquila. “Temos também feito testes e até ao momento não temos tido positivos”, sublinha.

“Nós todas as semanas fazemos testes tanto no São João como em Santa Margarida”, disse na terça-feira o responsável ao nosso jornal. Já esta terça-feira, o provedor da Santa Casa deu conta de que se espera fazer nova testagem aos funcionários e utentes dos lares “o mais rápido possível”, mas ainda sem datas definidas.

“Agora estamos a tentar perceber a questão da vacinação. Entre 22 e 26 [de janeiro] está previsto vacinarmos todos os utentes e colaboradores e isso era importante”, acrescentou o provedor da Santa Casa da Misericórdia.

O presidente da Câmara Municipal de Constância, Sérgio Oliveira, pronunciou-se já sobre a situação vivida na Santa Casa. Numa comunicação em vídeo na página do Município na rede social Facebook, o autarca deixa “uma palavra de ânimo, conforto e coragem para os trabalhadores da Santa Casa”.

“Não estão sozinhos nesta batalha. (…) Todas as forças vivas do nosso concelho estão unidas e a trabalhar em articulação para ajudar e colaborar com a Santa Casa naquilo que for necessário”, reiterou o presidente do Município.

(Notícia atualizada a 20 de janeiro de 2021: são dois os óbitos por Covid-19 e 14 os utentes infetados atualmente no Lar de Santa Margarida da Coutada, em Constância. Há também 5 funcionários infetados)

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou à capital com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).