Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Outubro 21, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Jornalista Patrícia Matos (TVI) é a madrinha da mesa do Concelho

Pré-finalista na iniciativa 7 Maravilhas À Mesa, Constância vai estar em destaque este domingo, dia 12 de agosto, durante a 4ª Gala, em Alijó, com transmissão em direto na RTP1. A Mesa de Constância estará a concurso, tendo como madrinha a jornalista da TVI, Patrícia Matos, natural de Santa Margarida da Coutada e residente em Tramagal.

- Publicidade -

A competir com a Mesa de Constância estarão as Mesas de Albufeira, de Alijó, da Beira Serra, de Beja, das Lajes das Flores e de Setúbal, numa participação que pretende projetar a gastronomia, os percursos pedestres e o concelho de uma maneira geral.

Dos sete patrimónios da mesa de Constância fazem parte, na área da gastronomia, Cogumelos Salteados em Azeite Virgem Ribatejano e Ervas Frescas da Nossa Horta, Lombinhos de Fataça dos Nossos Rios com Açorda de Ovas e Coentros e Lombinho de Javali de Caça com Mel, Ameixas e Redução de Vinho do Porto, com Espinafres Salteados. Como Produto Endógeno apresenta-se o Mel Mil Flores.

- Publicidade -

No setor dos vinhos e azeites, bebe-se Casal da Coelheira Rosé 2017 e prova-se Azeite Secular da Quinta do Pinhal. Como Experiência Única propõem-se os Passeios Pedestres Interpretativos em Constância.

MESA DE CONSTÂNCIA

MESA DE CONSTÂNCIALIGUE 760 10 70 26ATÉ 12 DE AGOSTO VOTE NA NOSSA MESA!

Publicado por Município de Constância em Segunda-feira, 23 de Julho de 2018

A autarquia de Constância desafia “para que votem, moderadamente, e dentro das possibilidades de cada um, nesta nossa Mesa que é uma mostra da nossa gastronomia e dos nossos patrimónios”. Para tal basta ligar até 12 de agosto, através do 760 10 70 26 (60 cêntimos + IVA).

Nestas galas serão eleitas pelo público duas Mesas, que passam à fase de Finalistas e que terão presença na Gala Final de 16 de setembro.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome