- Publicidade -
Segunda-feira, Dezembro 6, 2021
- Publicidade -

Constância | Graminho do século XX em destaque no Museu dos Rios e Artes Marítimas

Um graminho é a ‘Peça do Mês’ do Museu dos Rios e Artes Marítimas, em Constância, uma iniciativa que pretende dar a conhecer à comunidade os diversos elementos patrimoniais da vila poema e respetiva história.

- Publicidade -

É um instrumento de madeira de mogno que servia para traçar linhas paralelas e direitas na espessura e largura das tábuas. Composto por uma peça larga e retangular e outras duas, mais estreitas e redondas perpendiculares à primeira, onde se colocava um prego ou qualquer outro pedaço de metal que servia para riscar os traços na madeira, esta ferramenta de marcação era, conforme refere o Museu dos Rios e Artes Marítimas em comunicado, muito útil para “os calafates que em tempos idos trabalhavam nos estaleiros, em Constância”.

“Permitia fazer marcações iguais repetidas vezes, bastando ajustá-lo na primeira vez e depois, estando travado na medida desejada, era só repetir a marcação”, é ainda explicado.
O graminho em exposição no museu constanciense foi adquirido pela autarquia em 1998 e data do início do século XX , estando decorado de forma estilizada, com a inscrição “JGM” – que se crê ser as inicias do proprietário.

- Publicidade -

Novembro assinala a 11.ª edição da iniciativa “Peça do mês”, promovida pelo Museu dos Rios e das Artes Marítimas. O graminho pode ser apreciado no Museu dos Rios e Artes Marítimas (de segunda a sexta-feira, das 14h00 às 17h30) ou virtualmente, através das páginas de Facebook do Museu dos Rios e das Artes Marítimas e do Município de Constância.

Cartaz: MRAM

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome