Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Constância | Fundação CICO com dois concertos de carrilhão e música renascentista

O Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão (CICO) vai assinalar o Dia Mundial da Música com espetáculos musicais nos dias 2 e 3 de outubro, sábado e domingo. As melodias do Carrilhão LVSITANVS e os sons renascentistas do projeto musical TINTINNABVLVM vão ecoar pelo Jardim-Horto de Camões, em Constância, e pelo Jardim Dr. Luís Soares, em Montalvo.

- Publicidade -

O Dia Mundial da Música é só um mas em Constância a data vai ser assinalada a dobrar com dois espetáculos gratuitos que contam com artistas de peso, sobretudo se tivermos em conta que um dos concertos vai contar com o maior carrilhão itinerante do mundo, o LVSITANVS.

Com o intuito de “despertar a atenção dos melómanos em geral e dos entusiastas do carrilhão para as peculiaridades de Constância e para a capacidade que esta possui de se afirmar como um local estratégico na valorização do carrilhão e também da música medieval e renascentista”, o Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão (CICO) vai promover dois concertos que vão trazer junto da comunidade melodias do Carrilhão LVSITANVS e os sons renascentistas dos TINTINNABVLVM.

- Publicidade -

A primeira atuação vai acontecer no dia 2 de outubro (sábado), pelas 17h00, e junta no Jardim-Horto de Camões o grupo de música neo-medieval e neo-renascentista integrado por professores, alunos e ex-alunos da Escola de Música da CICO – os TINTINNABVLVM, para um recital que inclui também a declamação de poemas sefarditas e de Luiz Vaz de Camões.

Já no dia 3 de outubro (domingo), é tempo de abrir alas para a chegada do maior carrilhão itinerante do mundo entrar pelos portões do Jardim Dr. Luís Soares, em Montalvo. A partir das 16h00, a carrilhanista Ana Elias e as suas alunas, Matilde Esteves, Sofia Pereira e Carolina Vélo, vão fazer ecoar os sons do LVSITANVS pela freguesia montalvense, com peças a duas e a quatro mãos.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome