Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Julho 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Empresários visitam Caima

A NERSANT promoveu a visita de uma comitiva empresarial à Caima – Indústria de Celulose, no âmbito do projeto Ribatejo Empreende, aprovado pelo Compete2020, cujo objetivo é criar e dinamizar um conjunto de ferramentas e atividades de atração e fomento do empreendedorismo qualificado e criativo de apoio à criação de novas empresas no Ribatejo.

- Publicidade -

Durante a visita, guiada pelo diretor fabril, Gualter Vasco, os empresários ficaram a saber que desde 2012 a Caima produz apenas pasta solúvel (cerca de 115 mil toneladas por ano), destinada maioritariamente a exportação para a China, onde os clientes são produtores de rayon viscose, destinado à indústria têxtil.

Durante este encontro com os empresários foi abordada também a responsabilidade social da Caima. A empresa emprega 185 trabalhadores diretos e a sua atividade gera cerca de mil trabalhadores indiretos. Segundo Gualter Vasco, mais de 40 por cento dos colaboradores são naturais ou residentes no concelho de Constância e a maioria dos restantes provêm de concelhos limítrofes.

- Publicidade -

A nível da produção, o diretor fabril explicou que a empresa “tem estado permanentemente na vanguarda tecnológica do setor, fazendo investimentos constantes. Na última década foram efetuados cerca de 80 milhões de euros de investimento específico, uma grande parte dos quais no domínio ambiental”, referiu, salientando ainda que “a empresa está abrangida pela Diretiva IPPC e pela Diretiva das Emissões Industriais e tem autos suficiência energética”.

A fábrica de Constância possui duas caldeiras de biomassa que permitem a valorização energética de mais de 150 mil toneladas por ano de biomassa florestal, “contribuindo de forma relevante para a limpezas das matas e para a redução do risco de incêndio florestal na região”, disse Gualter Vasco.

 

 

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here