Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Despiste de veículo de mercadorias provoca uma vítima mortal em Montalvo

Um despiste de um veículo ligeiro de mercadorias na Estrada Nacional 3, em Montalvo, no concelho de Constância, provocou esta terça-feira uma vítima mortal. Ao mediotejo.net, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância refere que o óbito de uma mulher na casa dos 40 anos foi declarado no local pelo médico da VMER. A vítima residia em Montalvo e deixa marido e duas filhas.

- Publicidade -

O acidente aconteceu na tarde desta terça-feira, 13 de abril, e levou ao corte do trânsito na Estrada Nacional 3, em Montalvo, estando o trânsito ainda a ser desviado para a A23 ou por dentro da freguesia. Pelas 18h40, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância, Marco Gomes, adiantava ao mediotejo.net que a circulação na EN3 ainda estava interrompida na zona do acidente, perto do cruzamento que dá acesso à zona industrial de Montalvo.

“Neste momento, continua o trânsito cortado. Já está no local a Guarda Nacional Republicana com a equipa de investigação criminal”, adiantou, dando conta de que esta força segurança iria dar cumprimento aos procedimentos legais comuns.

- Publicidade -

Ao nosso jornal, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Constância explanou que o acidente ocorreu devido ao despiste de um veículo ligeiro de mercadorias que foi embater num motociclo. Deste choque resultaram dois feridos leves e uma vítima mortal.

O óbito, declarado no local pelo médico da equipa da VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação) do Centro Hospitalar do Médio Tejo, diz respeito a uma vítima do sexo feminino de “aproximadamente 40 anos”, que seguia no motociclo.

Quanto aos dois ocupantes do veículo ligeiro de mercadorias, um foi transportado ao hospital, enquanto o outro aguardava no local pela chegada do INEM para receber apoio psicológico, já solicitado.

Dando conta de que este acidente envolveu ainda meios de Constância e de Abrantes relativamente a ambulâncias, o comandante Marco Gomes deixou ainda as condolências à família da vítima mortal.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome