Constância | Concelho homenageia a história e as suas gentes com “Gostar de Constância”

Concelho faz a festa das suas gentes com "Gostar de Constância". Foto arquivo: mediotejo.net

“Gostar de Constância” é a designação de um evento que se realiza desde há nove anos na Vila-Poema, sempre no dia 7 de dezembro, véspera de feriado.

PUB

Na edição deste ano, que terá lugar este sábado na Casa do Povo de Montalvo, a partir das 21:00, serão homenageados Anabela Ferreira e João Paulo Morais, do Cabeleireiros Contraste de Constância, José Pereira, dirigente associativo de Montalvo, e Cláudia e Rui Monteiro, proprietários do Central Park (Cafetaria, Restauração e Alojamento Local) em Santa Margarida da Coutada.

O evento integra dois momentos musicais com os TINTINNABVLVM da CICO – Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão, e com o Grupo de Cantares da Casa do Povo de Montalvo.

PUB

O objetivo principal do “Gostar de Constância” é “proporcionar, num ambiente festivo, uma jornada de promoção dos valores do concelho, sobretudo em termos humanos e institucionais, contribuindo assim para elevar a autoestima coletiva, para gostarmos mais de nós, do que somos, do que fazemos. Para gostarmos (ainda mais) de Constância”, explica a autarquia.

O programa compreende, para além de animação musical que proporciona um ambiente de alegria e de festa, a realização de entrevistas, em presença, a três convidados especiais, um de cada freguesia. Esses convidados são pessoas ou instituições que se considera merecedoras de público destaque e cuja personalidade ou atividade possam servir de referência ou de motivação para a comunidade em geral.

PUB

Nas últimas três edições, recorde-se, foram homenageados a Casa do Povo de Montalvo, a Sociedade Recreativa Portelense, e o Agrupamento de Escolas de Constância, a Associação Filarmónica Montalvense 24 de Janeiro, a Associação Casa-Memória de Camões, o Rancho Folclórico “Os Camponeses”, de Malpique, Márcio Medroa, de Constância, Miguel Coelho, de Montalvo, e Carlos Silvério, de Santa Margarida da Coutada.

A escolha da data de 7 de dezembro tem em vista comemorar uma efeméride. É que nesse dia do ano de 1836, a rainha D. Maria II, satisfazendo um pedido apresentado pela população, mudou o nome da vila de Punhete, que tinha há séculos, para Notável Vila da Constância.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here