Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Centro Escolar de Santa Margarida vai continuar fechado

O relatório do Instituto Politécnico de Tomar (IPT) sobre os maus cheiros no Centro Escolar de Santa Margarida da Coutada (CESM) aponta para valores de Compostos Orgânicos Voláteis acima do limite aceitável.

- Publicidade -

A informação foi prestada pela Câmara Municipal de Constância e Agrupamento de Escolas de Constância durante uma reunião realizada na sexta feira, 11 de maio, com os encarregados de educação e com os profissionais do Centro Escolar.

Esta reunião teve como objetivo a apresentação dos resultados do relatório elaborado pelo IPT, bem com as análises às águas pluviais, de uma fonte/açude e nascente próxima do Centro Escolar. O estudo do IPT foi apresentado pelo coordenador do mesmo, as análises às águas pela Diretora Técnica da A. Logos, e o parecer do Delegado de Saúde do Médio Tejo por um representante indicado pelo referido Delegado.

- Publicidade -

Com base no relatório do IPT, o Delegado de Saúde do Médio Tejo emitiu o seu parecer no sentido da manutenção do encerramento do CESM, com vista à implementação das recomendações. Ao mesmo tempo deu indicações de que o CESM só deverá voltar a abrir após a realização de um novo estudo, isto depois da concretização das medidas identificadas no Relatório.

Desta forma o Centro Escolar de Santa Margarida vai manter-se encerrado. Os alunos continuam a ter aulas no Centro Escolar de Constância, sendo transportados diariamente no autocarro do Município, o que acontece desde o início do terceiro período escolar.

Em comunicado “a Câmara Municipal de Constância compreende os incómodos e os constrangimentos que esta situação tem trazido às famílias e às crianças e, por este facto, apela à compreensão de todos”.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome