Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

Constância: Carrilhão, chocalhos, campainhas e guizos no Dia dos Monumentos

Para assinalar o Dia dos Monumentos e Sítios, a Câmara Municipal de Constância realiza este sábado, dia 16 de abril, às 15h, a iniciativa “Sinos, chocalhos, campainhas e guizos – sonoridades de outros tempos”.

- Publicidade -

O evento, agendado para a Quinta da D. Maria, na freguesia de Montalvo, concelho de Constância, terá num primeiro momento uma intervenção de Custódio Rodrigues do Rancho Folclórico Os Camponeses de Malpique, que relembrará as sonoridades de outros tempos, e a forma como os sons marcavam o ritmo das populações, informa a autarquia.

Posteriormente, haverá apontamentos musicais com o chocalhofone, composto por 32 chocalhos (cedido pelo Município de Viana do Alentejo) e pelo Carrilhão LVSITANVS, composto por 63 sinos (Associação C.I.C.O).

- Publicidade -

Paralelamente, estará patente ao público, no celeiro da Quinta, uma exposição de objetos etnográficos que representam algumas das atividades agrícolas exercidas pela população de Montalvo, com destaque especial para a exposição de chocalhos, campainhas e guizos, utensílios que são testemunhos vivos de memórias e de uma cultura identitária que se pretende recolher, preservar e divulgar.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).