Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância: Camões regressa à Vila Poema durante quatro dias

Camões regressa à Vila Poema esta quinta-feira, dia 9 de junho, e por lá ficará durante as XXI Pomonas Camonianas. Às cerimónias oficiais juntam-se iniciativas culturais e desportivas num programa de quatro dias que eleva a essência do poeta em diversos locais do concelho.

- Publicidade -

A ligação de Camões a Constância é celebrada todos os anos durante as Pomonas Camonianas. Na vigésima primeira edição do evento o poeta regressa na cerimónia marcada para as 18h00 desta quinta-feira, dia 9, no Parque de Merendas, durante a qual atua o Coro Lusíada, formado pelos alunos do Ensino Articulado de Música.

imagem: flickr.com
imagem: flickr.com

- Publicidade -

O local transforma-se então num Mercado Quinhentista, que nos dias seguintes ganha vida a partir das 15h00, e ali tem lugar o primeiro momento de animação com danças da mesma época histórica. A primeira noite começa com o espetáculo teatral “Lear” levado a cena no Anfiteatro dos Rios pelo Grupo Fatias de Cá e termina com uma prova de orientação noturna no Parque Ambiental de Santa Margarida.

Poucas horas depois tem início o dia dedicado em pleno ao poeta, com a abertura da Feira de Velharias, um concurso de pintura ao ar livre e o V Festival Hípico de Constância. As celebrações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas continuam à tarde com a deposição de coroas de flores no Monumento de Camões e momentos de poesia, dança e apresentações pelos alunos do concelho em diversos locais da vila.

Na Casa-Memória de Camões são dados a conhecer os trabalhos de fotografia realizados durante as Festas do Concelho no âmbito do concurso “Retratos da Festa” na inauguração da exposição com o mesmo nome e na entrega de prémios. O passado recente registado em fotografia estará lado a lado com as letras que evocam tempos mais longínquos na apresentação do livro “Camões contado às crianças adultas”, de Jorge Chinchorro Rodrigues, que também irá falar sobre a obra do poeta.

A viagem no tempo prolonga-se pela noite dentro com o espetáculo musical TINTINNABVLVM, do grupo de música medieval e renascentista da CICO – Centro Internacional do Carrilhão e do Órgão, com o maior e mais pesado carrilhão itinerante do mundo, o LVSITANVS.

O fim-de-semana é marcado pela música, começando na tarde de sábado com o concerto dos professores do Conservatório de Música do Choral Phydellius e as atuações das crianças dos Jardins de Infância do concelho. Ao final do dia, a poesia faz um dueto com o fado no espetáculo em que Ana Laíns traz Mafalda Arnauth e Maria Ana Bobone ao concelho onde cresceu. O momento musical integra as atividades da Fadoando, uma associação cultural sem fins lucrativos impulsionada pela fadista com o objetivo de fundir a cultura com a filantropia e parte dos fundos revertem a favor de entidades locais.

Uma vez chegado o domingo, Camões despede-se de Constância com uma tarde de animação de rua pela vila complementada pelo ritmo do mercado e da taberna quinhentistas. Pomona, a divindade romana tantas vezes evocada pelo poeta permanecerá junto das margens dos rios Zêzere e Tejo até à próxima edição.

Cartaz
Cartaz

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome

- Publicidade -