Quinta-feira, Fevereiro 25, 2021
- Publicidade -

Constância | Câmara aprova anteprojeto de requalificação da margem do rio Zêzere

A Câmara de Constância aprovou, por maioria, o anteprojeto de requalificação do ambiente urbano e equipamentos públicos de utilização coletiva na margem do rio Zêzere. A decisão foi tomada na reunião pública descentralizada realizada no dia 16 na Casa do Povo de Montalvo, tendo as duas eleitas da CDU optado pela abstenção.

- Publicidade -

Conforme explicou o presidente da Câmara, o projeto está integrado no PARU – Plano de Ação e Regeneração Urbana para a vila, cujo “bolo” total ronda os 500 mil euros. Para a requalificação da margem esquerda do rio Zêzere, o orçamento previsto ronda os 267 mil euros + IVA.

Há cerca de duas décadas que não há qualquer melhoramento na zona e a intenção da autarquia é que “aquela zona fique mais aprazível e apetecível a quem nos visita”, realça Sérgio Oliveira.

- Publicidade -

Para tal está prevista intervenção a nível de pavimentos, relvado, muretes e arvoredo, num projeto que está a ser executado pelo gabinete Rio Plano – Arquitectura Paisagista, Lda. por 13 mil euros + IVA.

Com a aprovação do anteprojeto, o processo segue agora para a CCDR – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional para aprovação e posterior lançamento da empreitada ainda este ano, estando a execução da obra prevista para 2019.

Praia fluvial vai ser uma realidade

O projeto seguinte que a autarquia tem para a margem esquerda do rio Zêzere é a criação de uma praia fluvial, apesar de a zona já ser usada como tal. “Sentimos que é uma necessidade. Estamos a iniciar o trabalho e temos de procurar financiamentos para comparticipação”, refere o presidente da Câmara.

A criação da praia fluvial exige a construção de balneários e estruturas de apoio, bem como a presença de nadadores-salvadores.

A bancada da CDU justificou a sua abstenção por considerar que “o objetivo de “redesenhar o espaço público, adaptando-o a novas funcionalidades e noções de conforto necessárias à produção de novas dinâmicas quotidianas” não é de todo alcançado com o anteprojeto”. Na opinião das duas vereadoras da CDU, Júlia Amorim e Sónia Varino, o documento “reflete uma intervenção essencialmente de reparação, conservação e substituição do existente”. Defendem a “construção/implantação de instalações de apoio com as valências de vestiário, duches e sanitários, indispensáveis às necessidades das centenas de canoístas e utilizadores da “praia fluvial” que de há anos a esta parte procuram a zona ribeirinha de Constância bem como o ordenamento e acessibilidade adequada ao rio por parte das empresas de turismo náutico”.

Anteprojeto de requalificação da margem do rio Zêzere. Foto: DR

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).