- Publicidade -

Constância | Câmara apoia Casa do Povo de Montalvo para instalação de balneários no campo de futebol

O executivo camarário de Constância aprovou por unanimidade a concessão de um apoio à Casa do Povo de Montalvo para a instalação de balneários no campo de futebol. Em declarações ao mediotejo.net, o presidente da Câmara Municipal, Sérgio Oliveira, refere que o apoio aprovado, na ordem dos 35 mil euros, diz respeito à parte não comparticipada de uma candidatura que a Casa do Povo está a elaborar.

- Publicidade -

A Casa do Povo de Montalvo está a preparar uma candidatura ao Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas (PRID 2021), um programa do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. destinado a clubes e associações desportivas, constituídas sob a forma de associação sem fins lucrativos, com o intuito de requalificar instalações desportivas para promover a prática desportiva.

Com prazo de submissão de candidaturas até 3 de março, são elegíveis despesas que abranjam intervenções de “renovação, reabilitação e conservação de instalações dos clubes”, nomeadamente a nível de pavimentos desportivos, coberturas, vestiários e balneários, instalações sanitárias, redes e equipamentos de gás, água e eletricidade, vedações, acesso a mobilidade condicionada, melhoria de eficiência energética, ampliação das instalações, remoção de fibras de amianto, entre outras.

- Publicidade -

No caso da Casa do Povo de Montalvo, a instituição pretende instalar balneários no campo de futebol, sendo um dos documentos necessários para instruir a candidatura “os apoios que têm para a parte não financiada”, conforme elucida o presidente da Câmara Municipal de Constância, Sérgio Oliveira, em declarações ao mediotejo.net.

Nesse sentido, o executivo camarário deliberou por unanimidade em reunião de Câmara a atribuição de um apoio “à volta de 35 mil euros, que é a parte não comparticipada”, refere o autarca. Isto porque a parte comparticipada, de acordo com as normas do Programa de Reabilitação de Instalações Desportivas “não pode ultrapassar 50% do total das despesas que se considerarem elegíveis na análise técnica do orçamento apresentado pelas entidades candidatas, no valor máximo de cinquenta mil euros”.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -