Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Terça-feira, Julho 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Café Vanda é campeão das raspadinhas

É um corrupio permanente no café Vanda em pleno centro histórico da vila de Constância. O estabelecimento é conhecido e muito frequentado sobretudo pelos prémios de jogo que tem distribuído. O último refere-se a uma raspadinha do Trevo com o prémio de 20 mil euros que saiu a um jovem de Montalvo, no dia 8. “O rapaz nem queria acreditar”, relata Vanda Fernandes que é proprietária do café há 10 anos.

- Publicidade -

São tantos os certificados de prémios de jogo que já não há espaço nas paredes do café para afixá-los.

A raspadinha que vale 20 mil euros (Foto: mediotejo.net)

- Publicidade -

“Somos os campeões nas vendas aqui na região, até vem gente de fora comprar aqui raspadinhas”. Um recorde que se explica pelo facto de saírem muitos prémios naquele café. “Somos uma casa de muita sorte”, afirma a comerciante. Praticamente todas as semanas sai um prémio grande de 500 euros ou mais. “Saem muitos prémios de 500 e de mil, mas também já demos duas vezes prémios de 10 mil, duas vezes de 20 mil, uma vez de 5 mil e uma vez de 27 mil (750 euros/mês durante três anos)”, revela Vanda Fernandes.

“Gosto que comprem mas também gosto que ganhem, fico feliz. As pessoas ficam contentes e voltam cá mais vezes”, explica visivelmente satisfeita.

Quando chegámos ao café estavam pessoas ao balcão e nas mesas a raspar e enquanto durou a entrevista não paravam de chegar clientes para comprar raspadinhas ou jogar no Euromilhões.

Vanda não tem mãos a medir e a entrevista vai sendo interrompida pelos clientes. Os mais idosos, que têm dificuldades em ver os números e os símbolos, preferem confirmar na máquina e quando ouvem o sinal de que tem prémio ficam contentes e continuam a tentar a sorte.

Todas as semanas o estabelecimento recebe da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa várias caixas de raspadinhas. “Esgotamos sempre o stock, ainda hoje veio cá um cliente que comprou todas as raspadinhas de 1 euro”, revela Vanda.

Mas, curiosamente são as raspadinhas de 5 euros as que mais se vende e desde que saiu a raspadinha do Natal “tem sido uma loucura”.

Quanto ao Euromilhões, o café Vanda já registou um terceiro prémio (mais de 30 mil euros) e um 2° no Totoloto. E estes são os que Vanda sabe porque as pessoas dizem. A Santa Casa só revela o nome do estabelecimento em caso se haver um “excêntrico” que tenha registado ali o boletim. Os restantes ficam no anonimato a não ser que os próprios revelem. Além disso, os prémios acima dos 5 mil euros têm de ser sempre levantados na sede da Santa Casa em Lisboa.

De qualquer maneira, Vanda Fernandes continua a gostar de partilhar a felicidade de quem tem sorte. E talvez seja esse o segredo do negócio.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here