Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Segunda-feira, Junho 14, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Bombeiros assinalam 96 anos de altruísmo, abnegação e competência

A 6 de maio de 1925 foi fundada a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Constância, faz hoje 96 anos. Com um corpo ativo 18 voluntários, tornava-se real uma aspiração da comunidade que perdura até aos dias de hoje, numa história que já conta com 96 anos de “devotada dedicação ao bem comum”.

- Publicidade -

Nesta data, que seria de festa se a pandemia assim não o impedisse, o presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Constância, Adelino Gomes, deixou os votos de parabéns e o agradecimento a todos os “briosos e abnegados soldados da paz e todos quantos ao longo destas décadas serviram desinteressadamente a causa vida por vida”.

Recordando o dia 6 de maio como a data em que nasceu a AHBVC, pela mão da sociedade civil que resolveu “uma velha carência a que os poderes públicos não tinham dado resposta”, o atual presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Constância lembra também o primeiro corpo ativo, constituído sob a direção do comandante José Gamboa e que contava com 18 voluntários entre os 18 e os 38 anos.

- Publicidade -

Quartel dos Bombeiros Voluntários de Constância. Foto: mediotejo.net

“Foram os primeiros de muitas e muitas centenas de voluntários, de sucessivas gerações que, ao longo destes 96 anos, serviram de forma altruísta, abnegada e competente a sua terra e o seu povo, assim como os povos vizinhos”, admite Adelino Gomes.

O presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Constância e antigo comandante da corporação – cargo que exerceu durante mais de 20 anos, tendo em 2020 passado o testemunho ao filho, Marco Gomes, atual comandante da corporação – sublinha ainda na mensagem alusiva ao 96.º aniversário da AHBVC uma “longa história de devotada dedicação ao bem comum” em que muitas vezes as condições são “extremamente difíceis e correndo sérios riscos da própria vida”.

“Os Bombeiros de Constância devem ser merecedores do apreço e do reconhecimento da comunidade, apoiados e acarinhados, por pessoas ou instituições que, grande parte das vezes, apenas os reconhecem quando os infortúnios lhe batem à porta ou quando as instituições precisam deles e não tem alternativas”, admite ainda.

Endereçando os parabéns a “todos quantos ao longo destas décadas serviram desinteressadamente a causa vida por vida”, neste dia de aniversário, fica o desejo do presidente da AHBVC: “que possamos contar sempre com a sua vigilância permanente e com os cuidados no socorro prestado pelos nossos valorosos Soldados da Paz”.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome